Cemig nega fechamento de postos de atendimento no interior

Da Redação

Procurada pelo Agora nesta terça-feira, 3, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informou que nenhum posto de atendimento será fechado. A informação é uma resposta à preocupação demonstrada por deputados estaduais sobre um possível fechamento de 100 unidades da estatal em cidades do interior.

Os deputados que compõem a Comissão do Trabalho, da Previdência e da Ação Social da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizaram uma reunião na quarta-feira, 28, onde foi aprovado o requerimento para realização de um debate público para discutir as consequências do então “possível fechamento” desses postos de atendimento.

Conforme a ALMG, o requerimento é de autoria do deputado Celinho do Sinttrocel (PCdoB). O deputado informou ter atendido a uma solicitação do Sindicato dos Eletricitários do Sul de Minas (SindSul).

Segundo informações do requerimento, a Diretoria de Distribuição e Comercialização da Cemig planejaria iniciar o fechamento em 16 de abril. De acordo com o deputado, já haveria negociações em andamento entre representantes sindicais e a Cemig. Por meio do requerimento, pretende-se que a Assembleia acompanhe esses entendimentos.

Comentários
×