Cemig apresenta atrações culturais para o fim de semana

Programação é gratuita e traz grandes nomes como Fernando Meirelles, Seu Jorge, Washington Olivetto, Fabrício Carpinejar, além de exposição fotográfica, sinfônica Pop e espetáculo de dança

Da Redação

A Cemig reservou atrações culturais especiais para este final de semana, com um bônus extra para o feriado da Independência. A empresa, maior patrocinadora da cultura de Minas Gerais, em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo, oferece atrações variadas para curtir em casa. A cada semana, uma seleção diferente de espetáculos e artistas patrocinados pela empresa é disponibilizada gratuitamente em plataformas digitais.  

As atrações podem ser acessadas na página da Cemig no Facebook: http://facebook.com/events/955761214939012/.

Confira a programação:

4/9 - Sexta-feira - Live com Fernando Meirelles

Nesta semana, teve início a programação do 3º Circuito Cinematográfico de Periferia, organizado pela ONG Contato com o objetivo de promover gratuitamente exibições, lives, debates e oficinas sobre o audiovisual. Confira a live com o indicado ao Oscar, Fernando Meirelles, diretor de “Cidade de Deus” e “Dois Papas.

 

5/9 - Sábado - #SempreUmPapoEmCasa

O jornalista Afonso Borges promove lives para debater diversos assuntos e, recentemente, conversou com Seu Jorge, Washington Olivetto, Fabrício Carpinejar e muitos outros.

 

6/9 - Domingo - Retratistas do Morro

A exposição “Retratistas do Morro”, com curadoria de Guilherme Cunha, reúne imagens dos fotógrafos João Mendes e Afonso Pimenta, que registram, desde os anos 70, o cotidiano dos moradores da Comunidade do Aglomerado da Serra, segunda maior favela do país, localizada em Belo Horizonte. Confira o acervo com fotos e vídeos na galeria virtual criada pela Fundação Clóvis Salgado.

 

7/9 – Segunda-feira - Palácio em sua Companhia

A Sinfônica Pop convidou o compositor e pianista Francis Hime, que, com regência do maestro Roberto Tibiriçá, do Coral Lírico de Minas Gerais e Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, interpretou o clássico “Vai passar”, de Chico Buarque.

E a Cia. de Dança Palácio das Artes apresenta o novo vídeo-performance "A dança é um corpo que a gente veste", inspirado no poema "A palavra é uma roupa que a gente veste”.

  

Todas as atrações culturais foram gravadas antes do período da pandemia ou estão seguindo as orientações da OMS.

Comentários
×