Cemig anuncia R$ 75,3 milhões em expansão e manutenção no Centro-Oeste

Da Redação

Com o objetivo de reduzir o número de interrupções e restabelecer o fornecimento de energia no menor prazo possível, reduzindo transtornos à população e às empresas durante o período chuvoso, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) anunciou nesta quinta-feira, 26, que R$ 39 milhões foram investidos na melhoria e manutenção da rede de distribuição e no atendimento aos consumidores do Centro-Oeste.

De acordo com o engenheiro do sistema elétrico Luiz Renato Fraga Rios, a empresa inspecionou 82% de toda a rede urbana da região e cerca de 16 mil árvores em conflito com a rede elétrica foram podadas. As equipes de manutenção fizeram limpezas de faixas nas redes rurais em área superior a sete mil quilômetros quadrados.

Em toda a região 450 postes foram substituídos e 1,6 mil estruturas receberam manutenção. A empresa também informou que investe na automação do sistema. A região conta agora com 630 religadores – equipamentos comandados remotamente e que aceleram o restabelecimento de energia durante ocorrências acidentais.

Além das ações preventivas já realizadas, a Cemig afirma investir R$ 22 milhões na ampliação da capacidade do sistema com a implantação de uma nova subestação em São Sebastião do Oeste, que vai beneficiar diretamente o município de São Sebastião do Oeste, o Grupo Avivar e mais R$ 14,3 milhões na ampliação das subestações de Bambuí, Nova Serrana, Pompéu 2 e Carmo do Rio Claro.

— A Cemig está investindo em tecnologia para que a população receba energia com qualidade e segurança. As obras de reforço e ampliação do sistema de distribuição de média tensão vão aumentar a oferta de energia e permitir o acréscimo de mercado adicional, contribuindo para o desenvolvimento econômico da região — finaliza Luiz Renato.

Comentários
×