Casos de covid na Câmara podem levar à suspensão das reuniões presenciais

Além de quatro vereadores, servidores também se contaminaram com o vírus

Da Redação

Em reunião realizada na tarde desta sexta-feira, 30, entre a Câmara de Divinópolis, a Prefeitura e a Vigilância Sanitária, ficou definido que seja feita a desinfecção total da Casa Legislativa, após serem confirmados vários casos de covid entre servidores, além de quatro vereadores.

Por isso, em nota conjunta, a Prefeitura comunicou logo depois que a Câmara ficaria fechada para desinfecção a partir das 17h, da última sexta-feira, assim como nesta segunda, 3, durante todo o dia. Nestes dias, todo o trabalho desenvolvido no Legislativo deverá ser realizado de forma remota, funcionando apenas de forma presencial o setor administrativo, deliberado pelo presidente.

Definição

Ainda nesta segunda, o presidente da Casa, Eduardo Print Júnior (PSDB), se reunirá com o secretário geral, Flávio Ramos, e os procuradores do Legislativo para definir como será o funcionamento durante os próximos dias.

A Mesa Diretora estuda ainda a possibilidade da realização de reuniões ordinárias remotas, de forma on-line, decisão que deve ser tomada nos próximos dias.

Prevenção

A direção da Casa ressaltou ainda a importância que todos mantenham os protocolos sanitários, usando máscara, álcool em gel e evitando aglomerações. Pede ainda que, se possível, nesses dias, os servidores da Casa devem se manter em casa, prevenindo qualquer tipo de contaminação.

Comentários
×