Casos confirmados de covid-19 em Divinópolis chegam a 127

 

Da Redação

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) divulgou o boletim epidemiológico referente ao novo coronavírus no município.  No total, já foram notificados 1.707 casos, 127 confirmados e 171 descartados. Até o momento, o município registrou apenas um óbito. A taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) é de 48,4%. As informações foram divulgadas pelo Ministério da Saúde por meio da plataforma “FormSUScap”

Dos casos notificados, homens e mulheres da faixa etária de 20 a 39 anos ainda são os mais afetados, com 786 suspeitos. Logo em seguida, pessoas entre 40 e 59 anos com 452, idosos acima de 60 anos com 197 casos, crianças de 1 a 4 anos com 100, cidadãos entre 10 e 19 anos com 94 suspeitos, crianças entre 5 e 9 anos com 48 notificados e por fim bebês menores 1 ano com 30 casos sob suspeita.

Dos 127 casos confirmados, 68 são mulheres e 58 homens. No município, o índice de infecção por 100 mil habitantes é de 44,08. A taxa de ocupação de UTIs é de 49,1% levando em consideração toda rede de saúde.

Em relação aos pacientes internados nas redes hospitalares do município e que apresentam quadro clínico compatível de Covid-19; o número caiu; nesta data o boletim apontou 21 pessoas internadas na enfermaria e 13 em Unidade de Terapia Intensiva (CTI).

Os pacientes internados ou que foram atendidos no ambulatório, e estão em isolamento domiciliar, são 1.007 ao todo. 

O secretário Municipal de Saúde, Amarildo Sousa, afirma que é muito importante nesse momento de pandemia global a conscientização da população.

— Quem puder fique em casa. Lave constantemente as mãos com água e sabão, ou álcool em gel, evite aglomerações e cuide das pessoas que estão em situação mais vulnerável — explica.

Ainda segundo o secretário, é importante que a população denuncie os casos de descumprimento do decreto que permite o funcionamento do comércio de forma escalonada.

— Em caso de comprovação de descumprimento do decreto e das medidas de segurança, o cidadão deve denunciar no App Divinópolis ou ligar para Polícia Militar, só assim conseguiremos manter a abertura com segurança da população.

Comentários
×