Campanha pede doações para pacientes do Sersam

Ricardo Welbert 

O Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD) de Divinópolis lançou uma campanha para arrecadar roupas para homens e mulheres atendidos pela instituição. A cada mês, cerca de 2,7 mil cidadãos recebem atenção integral e continuada contra os vícios.

A campanha vai até 18 de maio, quando haverá uma caminhada para lembrar o Dia da Luta Antimanicomial, data instituída após profissionais da saúde mental, cansados do tratamento desumano e cruel dado a usuários do sistema de saúde mental, organizarem o primeiro manifesto público a favor da extinção dos manicômios, em 1987.

Segundo o enfermeiro e coordenador do serviço na cidade, Juliano Jean de Oliveira, a campanha aceita peças de roupas e calçados que serão dadas aos pacientes.

— Aceitamos também produtos de higiene. Vamos preparar kits com escova, pasta de dente, sabonete, shampoo e pente — explica. 

A série de eventos ligados ao tratamento de pacientes que sofrem de transtornos causados por vícios em álcool e drogas inclui também um apresentação artística no dia 15 de maio, à tarde, no teatro Usina Gravatá. 

Como os servidores não podem receber doações em dinheiro da população, eles próprios estão organizando uma espécie de "vaquinha interna", com cada profissional doando o que pode. Todo o valor deverá ser aplicado nas despesas da realização do evento. 

Programação

A “Semana de Luta Antimanicomial” vai de 14 a 15 de maio. No primeiro dia haverá oficina de beleza e yoga pela manhã, para pacientes e seus familiares. À tarde, show com a dupla Igor & Junior, com o mesmo público-alvo.

No dia 15, durante a manhã, haverá gincana e piquenique no Parque da Ilha para pacientes. À tarde, apresentações artísticas de pacientes no Gravatá. Para todos os pacientes, familiares e sociedade.

No dia 16, pela manhã, o coral Sons do Coração se apresenta no pátio do Caps AD. À tarde, cinema ao ar livre para todos os pacientes.

No dia 17 haverá oficina com alunos do Pitágoras e distribuição de lanches. À tarde, apresentação musical no Caps AD III.

No dia 18 tem a caminhada pela luta antimanicomial. Concentração às 13h no pátio do Serviço de Referência em Saúde Mental (Sersam), com música. Saída às 14hs, com destino à praça do Santuário, onde ocorrerá apresentação de um quinteto da Escola de Música.

Serviço 

O Caps AD oferece assistências clínica, psiquiátrica, psicológica e de enfermagem. Possui também grupos de terapia ocupacional e assistente social.

— Funcionamos 24 horas. De segunda a sexta, das 7h às 19h, em regime de urgência. No período noturno, a urgência é atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e depois encaminhada ao Caps AD — finaliza Juliano.

 

 

Comentários
×