Câmara decreta luto oficial após morte de irmã de vereador e ex-assessor jurídico do Legislativo

Ambas as mortes foram por covid-19

Da Redação

A Câmara de Divinópolis decretou luto oficial de três dias após a morte do ex-assessor jurídico da Câmara, advogado Mauro Nogueira, e da irmã do vereador Ney Burguer (PSB), Patrícia Cunha.

Confira, na íntegra, a nota divulgada pelo Legislativo:

A Câmara Municipal de Divinópolis solidariza-se com familiares, amigos, a classe advocatícia de Divinópolis, a 48 Subseção da OAB/Divinópolis, pelo falecimento do advogado Mauro Nogueira, mais uma vítima do vírus mortal covid-19.

Mauro Nogueira foi assessor jurídico da presidência da Câmara em 2013, e seu conhecimento jurídico ímpar, trato amável e sua característica inigualável de ser um advogado que sabia ouvir as pessoas marcaram sua passagem pelo Poder Legislativo Municipal.

Hoje, no Dia de Pentecostes, pedimos ao Espírito Santo que conforte a todos que perderam uma pessoa amada nesta pandemia.

Também neste domingo faleceu, em Divinópolis, Patrícia Cunha, 39 anos, irmã do vereador Ney Burguer (PSB). Patrícia era paciente de hemodiálise e teve o quadro agravado nessa semana. Neste domingo, não resistiu. 

O presidente da Câmara Municipal de Divinópolis, Vereador Eduardo Print Jr. (PSDB), em nome de todos os servidores da Casa e vereadores, se solidarizou com amigo vereador.

- Minhas sinceras condolências. Rezo para que o amor de Deus envolva e conforte seu coração e de toda sua família. Desejo paz e conforto para superar este momento difícil - declarou Print. 

O presidente da Câmara decretou luto oficial de três dias e bandeiras a meio-mastro em homenagem a Mauro Nogueira e Patrícia Cunha.

Comentários
×