Câmara recebe líderes religiosos

 

Da Redação

A Câmara Municipal recebe, na próxima segunda-feira, 25, líderes religiosos para uma mesa redonda. O tema do encontro será “O papel das religiões como propulsores para as políticas públicas”. Devem participar da reunião o bispo Diocesano dom José Carlos Souza; o pastor Rinaldo de Morais, da religião evangélica; e Sérgio Bebiano, da doutrina  espírita. O secretário legislativo Vander Lúcio Gomes Penha também irá compor a mesa.

O encontro tem início marcado para as 19h. Os interessados em participar devem se inscrever pelo www.divinopolis.mg.leg.br/escola ou por meio do aplicativo iCâmaraDiv.

 Campanha da Fraternidade

 No início deste mês, o bispo Dom José Carlos anunciou e explicou sobre o tema da Campanha da Fraternidade neste ano, denominada “Fraternidade e Políticas Públicas”. Ou seja, justamente o tema a ser abordado na Câmara.

O líder religioso explica que, desde 1978, a Igreja vem tratando cada vez mais temáticas sociais em suas campanhas. Para este ano, ele destaca a necessidade de abrir espaço para a pluralidade de opiniões para a construção de políticas públicas.

 — Precisamos de políticas públicas construídas com muitas mãos e com muitas vozes, a partir dos vários setores da sociedade. Escutando todos, os de cima e os de baixo. Escutando a iniciativa privada e a iniciativa pública. Escutando trabalhadores e empresários. Escutando os pobres e os ricos; a periferia e o centro. Políticas públicas construídas no diálogo, na participação. Isto a Igreja quer acender — ressaltou o Bispo durante o lançamento da Campanha.

Continuidade

A reunião na Câmara deve fazer parte de uma das intenções da Igreja, que é a de não restringir a Campanha ao período de 40 dias da quaresma.

— Falar de política pública não é falar de algo que toca os cristãos e os católicos. Política pública toca a sociedade inteira. O que nós não queremos é que a discussão sobre política pública se limite aos 40 dias da quaresma e termina na Páscoa; nós queremos que haja uma grande problemática, uma discussão, que tem que continuar sempre — falou à época.

Comentários
×