Câmara decreta luto em homenagem à servidora Arlete Antunes

Da Redação

A Câmara Municipal decretou luto oficial de três dias em homenagem à servidora Arlete Aparecida Antunes, que morreu na manhã desta segunda-feira, 5. Ela trabalhou no Legislativo, inicialmente, como assessora parlamentar, por mais de 6 anos. Atuou também como assistente de protocolo junto à Secretaria Geral e, por último, estava lotada como coordenadora de patrimônio na Diretoria Financeira.

Arlete Antunes tinha 39 anos, era esposa do radialista Wemerson de Castro, da Rádio Sucesso, e morreu em decorrência de complicações de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

– Arlete era uma pessoa excepcional, uma funcionária exemplar e tínhamos junto a ela uma grande amizade. É uma perda irreparável para todos nós – disse o presidente da Câmara, Adair Otaviano (MDB).

Além de decretar luto, o Legislativo colocou as bandeiras a meio mastro, em homenagem à servidora por sua dedicação e profissionalismo junto ao Poder Legislativo de Divinópolis.

Comentários
×