Câmara corrige erro e volta a aprovar liberação de boate

Da Redação

Vereadores de Divinópolis aprovaram nesta quinta-feira, 9, o projeto de lei legislativo 096/2018, que dispõe sobre zoneamento de uso e ocupação do solo. A proposta transforma o lote 120 da quadra 8, zona cadastral 6 da rua Itamarandiba em zona comercial. No local funciona uma boate que é motivo de impasse entre vizinhos.

O estabelecimento chegou a ser fechado no ano passado pela Secretaria de Planejamento Urbano e Meio Ambiente após um abaixo assinado apresentado por moradores da região.

O local estava caracterizado como zona residencial e por isso não podia funcionar como boate. Apenas como bar. Com a aprovação da proposta, o estabelecimento poderá funcionar como boate, mesmo com os protestos da vizinhança.

Erro

A boate voltou a funcionar no último fim de semana de maneira irregular por causa de um erro dos vereadores. Os parlamentares aprovaram no dia 19 de junho o texto 005/2018 com as referências erradas do estabelecimento.

A proposta é de autoria do vereador Rodrigo Kaboja (PSD) e chegou a ser sancionada com erro pelo prefeito Galileu Machado (MDB) autorizando a caracterização ZC/2 Zona Comercial 2 o lote 5, quadra 26, zona cadastral 6, na rua Itamarandiba, no bairro Industrial, para fins de instalação e funcionamento em caráter especial de atividade de comércio e/ou serviço.

Porém, o cadastro correto da boate é o que consta no projeto de lei aprovado ontem.

— Retificamos essa informação. Os vereadores estão preocupados com a situação financeira dos munícipes e a Câmara deu a sua contribuição para o funcionamento de uma casa de pessoas de bem — comentou Kaboja. 

Comentários
×