Cadê a cruz de todos os povos?

 

 

R O T A T I V A

Maria Cândida

mariacandida251@gmail.com

 

 

 

 

Cadê a cruz de todos os povos?

 

 

 

...Questionado sobre o porquê de a montagem da terceira cruz ocorrer em Divinópolis, o presidente da associação, em entrevista concedida ao G1 em abril deste ano, destacou o simbolismo espiritual que Divinópolis carrega, a começar pelo nome. A cidade era conhecida como Arraial do Divino Espírito Santo antes de ser emancipada.

"A obra se consagra na cidade pela graça do Espírito Santo, que é padroeiro da cidade, que tem uma marca da pomba do divino Espírito Santo, vista do alto. Com a graça de Deus este projeto está sendo consolidado no Brasil, em Divinópolis. Em função do sim de Jesus Juste Ibanez, que é o presidente da Associação Terra de Deus Internacional e em função do sim da igreja local, a cidade acolheu a obra", destacou o presidente.

 Obra - Potencial turístico 

Atualmente a Cruz em Honra ao Espírito Santo está com 29 metros de altura. Até agora, foram empregados cerca de R$ 1 milhão. Para deixar o local em condições de visitação, uma Casa de Oração será construída para acolher todos peregrinos. Estima-se que serão necessários mais R$ 1,2 milhão, sem contar com os custos da Casa de Oração e iluminação da Cruz.

O projeto da "Cruz de Todos os Povos" foi anunciado em 2016 pela Associação Terra de Deus, responsável pela obra que fecha o ciclo de três grandes cruzes pelo mundo.

 POR QUÊ? 

A PERGUNTA INSISTE:

Por que a obra praticamente paralisou? Há quem afirme que a milionária contribuição popular diminuiu muito. Há quem afirme que a credibilidade no projeto das cruzes está ligada à diminuição de partição no projeto.

Há ainda crescente descrença na intenção religiosa no projeto e está se transformando em interesses econômicos e sociais.

Aguardemos.

Comentários
×