Briga boa por vaga na Libertadores

José Carlos de Oliveira

Brasil e Argentina são os países com mais representantes garantidos da Copa Libertadores – 7 do Brasil e 6 da Argentina – mas podem ter dois representantes a mais na edição de 2018.

Com Grêmio e Lanus na final edição 2017 da competição, (decisão acontece hoje na Grande Buenos Aires), além de Flamengo e Independiente nas semifinais da Copa Sul-americana, os dois países podem ganhar mais duas vagas. Esta noite, um dos dois já terá assegurado pelo menos mais uma vaga para 2018 – Lanus ou Grêmio.

Mineiros

Dos dois clubes de Minas Gerais, um já está assegurado na Libertadores. Campeão da Copa do Brasil, o Cruzeiro já entra na fase de grupos do torneio. Presente nas últimas seis edições, o Atlético recupera rendimento nas últimas rodadas e hoje ainda luta por uma das vagas.

Com o Campeonato Brasileiro garantindo os sete primeiros na Libertadores (Cruzeiro é quinto e abre a sétima vaga), o Atlético torce por Grêmio e Flamengo para ter mais chances matemáticas de classificação.

Hoje, para buscar a 7ª vaga, as probabilidades do alvinegro mineiro são de menos de 15%, mas abrindo-se mais duas vagas, a vida do Galo fica mais fácil, com boas chances de garantir a vaga.

Briga por países

Hoje, além do Cruzeiro, outros 30 clubes já garantiram presença no torneio, que tem início programado para o mata-mata em janeiro. O Cruzeiro entra na fase de grupos, marcada para o fim de fevereiro.

Os classificados para as oitavas devem ser conhecidos em maio, data da última rodada. No Brasil, Corinthians, Grêmio, Palmeiras e Santos também já carimbaram o passaporte.

Muitos clubes, do Flamengo, que é hoje o 6º colocado, até o 12º, que é o São Paulo, têm chances matemáticas de ficar com as duas (ou quatro) vagas restantes. Estão na briga pela Libertadores: Flamengo (6º), Vasco da Gama (7º), Botafogo (8º), Chapecoense (9º), Atlético (10º), Bahia (11º) e São Paulo (12º).

Argentina

Os seis clubes argentinos na Libertadores de 2018 já estão definidos. O país portenho ainda poderá ficar com mais duas vagas caso o Lanús vença o Grêmio na decisão de hoje e o Independiente conquiste a Copa Sul-Americana. Estão classificados: Boca Juniors, River Plate, Estudiantes, Racing, Banfield e Atlético Tucumán.

Bolívia

Os tradicionais The Strongest e Bolívar são os dois clubes da Bolívia certos. O Strongest venceu o Apertura 2016 e o Bolívar conquistou o torneio 2017. O maior pontuador da temporada e o campeão do Clausura ficam com as últimas vagas.

Com ampla vantagem na tabela, o Bolívar deve ficar com a taça mais uma vez. O Strongest deve ser o vice. Assim, o Jorge Wilstermann e o Oriente Petrolero surgem como candidatos a herdeiros das vagas.

Chile

O Chile já tem dois representantes definidos: Universidad de Chile e Santiago Wanderers. O Colo-Colo lidera o Torneio Transición 2017 e aparece como favorito por uma das vagas restantes. O time do ex-palmeirense Valdívia é seguido de perto por Unión Espanhola e Audax Italiano. A quarta vaga sai de um duelo de vices dos últimos torneios nacionais.

Colômbia

O Atlético Nacional e o Junior Barranquilla são os garantidos da Colômbia. O Nacional é o atual campeão do Torneio Apertura 2017 e o Junior ficou com a taça da Copa da Colômbia ao bater o Independiente Medellín na final. As últimas vagas ficam com o vencedor do Torneio Finalización 2017 e o melhor colocado na tabela geral da temporada.

Equador

O Emelec e Delfín já estão garantidos. Independiente del Valle e Barcelona são os favoritos para as duas vagas restantes.

Paraguai

Libertad, Olímpia, Cerro Porteño e Guarani serão os representantes do Paraguai. O Libertad é o atual campeão do Torneio Apertura 2017 e ainda segue vivo na disputa da Copa Sul-Americana. O Cerro Porteño lidera e está muito próximo de ficar com o título do Clausura 2017. Olímpia e Guarani vão ficar com as vagas restantes.

Peru

Alianza Lima e Melgar estão confirmados. O primeiro venceu o Torneio Apertura 2017 e o segundo ficou com o Torneio de Verão. As outras vagas ficarão com o maior pontuador da temporada e o campeão do Descentralizado 2017.

Uruguai

O Defensor foi o campeão do Apertura e o Nacional ficou com o Torneio Intermedio. O Peñarol lidera o Clausura com folga, com 39 pontos, três a mais do que o Defensor. O campeão uruguaio será conhecido de um embate entre o maior pontuador da temporada (Defensor, Nacional ou Peñarol) e o vencedor de uma partida entre os campeões do Apertura e do Clausura. Certo é que Defensor, Nacional e Peñarol já estão garantidos na Libertadores. 

Venezuela

Das quatro vagas, três já estão asseguradas: Carabobo, Deportivo Táchira e Monagas. O primeiro clube ficou em primeiro na pontuação geral na temporada, com o Táchira em segundo. Já o Monagas foi o campeão do Torneio Apertura 2017. Resta uma vaga.

 

Comentários
×