Brasil registra de 1.062 ocorrências de crimes eleitorais na votação

Da Redação

Dados do Ministério da Justiça e Segurança Pública divulgados na tarde deste domingo, 15, mostram que o País registrou até por volta das 16h, 1.637 ocorrências de crimes eleitorais. Do total, 783 se referem à boca de urna e 332, à compra de votos.

Os números estão no boletim divulgado às 17h pela Operação Eleições 2020, coordenada pelo Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN), vinculado à pasta da Justiça.

Dentre os crimes eleitorais, também foram registradas ocorrências por fake news (34), transporte de eleitores (92) e dano à urna de votação (1), entre outros.

Ameaça

O boletim aponta ainda 38 crimes contra candidatos, dos quais 123 por ameaça, dez por homicídios tentados, oito por homicídio contra candidato e seis casos de lesão corporal.

No total geral, incluindo crimes eleitores e demais tipos de crimes, foram registradas 2.171 ocorrências até a divulgação do boletim das 17h.

 

Comentários
×