Bonita campanha do Cruzeiro

José Carlos de Oliveira

jcqueroviver@hotmail.com.br 

O departamento de marketing do Cruzeiro mais uma vez sai na frente e demonstra porque está entre os melhores do Brasil e até do mundo. Durante todo o ano, são feitas campanhas envolvendo o clube e os torcedores azuis em ações sociais, com todos engajados na luta por um mundo melhor.

Algumas, como a do Dia das Mulheres, tiveram reconhecimento internacional, mas a de agora merece destaque especial e um pouco de reflexão por parte de todas as torcidas. Adotar um campeão é dar valor à vida.

Lançado na última sexta-feira pelo Cruzeiro, o projeto “Adote um Campeão”, idealizado em parceria com o Grupo de Apoio à Adoção de Belo Horizonte (GAABH) e o Grupo de Apoio à Adoção de Santa Luzia (GADA), com apoio das Promotorias e Varas da Infância e da Juventude das duas cidades, visa estimular a adoção de crianças e adolescentes, de 7 a 17 anos de idade, e que vivem em centenas de instituições de acolhimento à espera de um novo lar.

Esta é uma iniciativa que deveria partir de todos os segmentos da sociedade. Quem tem família nem imagina como deve ser triste não ter um lar, um ombro amigo para chorar, não sentir a alegria do carinho de um abraço fraterno. Esta é a situação destas crianças.

No Brasil, como de resto em todo o mundo, quem se dispõe a adotar uma criança busca sempre por recém nascidos, e se bobear, ainda exigem até a cor da pele e dos olhos. É! Infelizmente, esta é a realidade. O amor está muito distante do homem.

A criança entra para a adoção, não consegue um lar ainda bebê e com o passar dos meses, anos, vê mais triste ficar sua situação, sua vida. Esta é a realidade.

No domingo, na partida contra o Palmeiras, o Cruzeiro apenas deu um pouquinho de alegria a algumas destas crianças e mostrou ao mundo que este é, sim, um problema de todos e merece ser abraçado por toda a sociedade.

Comentários