Bolsonaro vence na Suíça e na Inglaterra; Haddad ganha em Paris, na França

Da Redação


O segundo turno das eleições incentivou alguns dos 500.727 eleitores brasileiros no exterior a dar demonstrações ostensivas de apoio aos candidatos que disputam a Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Sem registros de ocorrências, houve protestos em frente à Embaixada do Brasil em Londres.

Como em Londres foi contratada uma empresa privada para organização das filas, evitando assim tumultos e desencontros, a manifestação crítica foi sem intercorrências, segundo relatos.

Em Lisboa e Faro, em Portugal, a votação ocorreu em clima de tranquilidade, sem filas nem tumultos. Em Nova York, com um número também elevado de eleitores, o processo foi tranquilo.

Em Buenos Aires, brasileiros venceram a instabilidade do clima que tem variado em horas entre o calor extremo e o frio para votar.

— A situação no Brasil não está fácil e esse foi um dos motivos pelos quais vim estudar na Argentina — disse Sara Pereira Dias, que mora em Buenos Aires há um ano e oito meses, onde estuda arquitetura.

Resultado

O resultado das eleições 2018 na França, Reino Unido e Suíça já são conhecidos, feitos por contabilização extraoficial, baseada nos extratos emitidos pelas seções. Jair Bolsonaro (PSL) ganhou no Reino Unido e na Suíça, com 61,38% e 58,4% dos votos, respectivamente. Na França, onde a votação no exterior deu a vitória a Fernando Haddad, o petista teve 69,45% dos votos.

Nas 16 seções de Paris, Haddad recebeu 69,45% dos votos válidos. Na capital francesa, 4.654 eleitores foram às urnas e deram 55% dos votos a Bolsonaro. Brancos e nulos somaram 402 votos. (Com informações da Agência Brasil)

Comentários
×