Bloco de Moda: Moda/Gestão

Wagner Penna

 

A temporada de lançamentos no atacado da moda mineira para o verão 2020 (que tem seu auge neste mês de agosto) chega com novidades muito além de cores, texturas e modelagens.  Se no estilo os estilistas recorrem às referências básicas da estação (estampas, branco, transparências, recortes & aberturas, cores mais alegres e até um certo brilho lurex), a estrutura das marcas também se reduz.

A preocupação em enxugar a produção e racionalizar o estilo tornou-se o ponto central da moda. O ‘slogan’ atual diz que a nova tendência é o custo baixo. Para conseguir isso, muitas marcas fecham pontos de vendas não produtivos, concentram a fabricação e passaram a criar algo mais prático e comercial.

Não é um fenômeno local, mas, sim, global. As razões disso são muitas e extrapolam as regras da economia. Resulta também do ‘lobby’ poderoso dos que defendem a produção sustentável, da equidade social, da diversidade e do consumo racional.  E parece que deu certo.

Resumo: moda é gestão.

VAIVÉM

 

  • A grife Divina Pele lançou seu verão 2020 (durante almoço) com muitas novidades. Para começar, segmentou a coleção (festa, casual, malharia etc.) com estilistas diferentes cuidando de cada linha. Para isso, chamou os craques Eduardo Suppes, Daniel Correa e Larissa Fernandes – coordenados pela proprietária, Kátia Camargos. Também no mkt e comercialização houve mudança bacana, com o André Freire à frente do assunto. Nesse ritmo novo, uma nova coleção de verão será lançada no fim do mês, junto com a repaginação do showroom em Beagá ***

 

  • Com seu foco na moda mais jovem, algumas novas marcas têm surgido no mercado mineiro. Entre elas, a 613 (o número é o nome) tem conquistado a turma fashionista mais descolada. Como estratégia de marketing, tem aparecido bem na novela das nove – com sucesso. A grife faz parte do grupo dono da marca Maracujá ***

 

  • PONTO FINAL. A capital mineira vai ferver em outubro, no período de realização da Minas Trend (22 a 25), no Expominas. Além da própria feira, acontece o Congresso Internacional da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit), com debates de temas importantes. Um deles é a diversidade e equidade social na moda.

 

 

Comentários
×