Biostec recolhe lixo em vários bairros de Divinópolis

Da Redação 

A nova empresa, a Biostec Ambiental, trabalhou a noite e entrou pela madrugada desta sexta-feira, 4, para coletar o lixo amontoado em diversos pontos de Divinópolis. Segundo informações, já estão em Divinópolis sete caminhões, seis trabalhando e um de reserva.  

Ainda não se tem uma expectativa de quando o serviço será normalizado na cidade, mas segundo a Prefeitura e moradores de alguns bairros, já está bem adiantado.

Recomeço

Os leitores do Agora receberam em primeira mão a oficialização do rompimento do contrato com a empresa Arbor, antiga responsável pela coleta de lixo na cidade. No último dia 3, o Diário Oficial dos Municípios Mineiros tornou legítimo o fim da linha para Arbor, anunciado pelo prefeito Galileu Machado (MDB), em 31 de dezembro de 2018.

Em atuação na cidade desde 2016, não trabalha desde esta quinta-feira,3. O contrato, com validade até maio de 2019, foi encerrado e a nova empresa, Biostec Ambiental, assumiu o serviço de coleta de lixo na cidade na noite de ontem.

Problemas

A Biostec Ambiental assume o serviço em momento delicado na cidade. Diversos bairros estão com a coleta atrasada por dias. Em alguns, os detritos não são recolhidos há um mês. Após paralisação dos funcionários da Arbor, em luta pelo pagamento do 13º salário e do vale transporte referente a dezembro, a irregularidade na prestação do serviço se agravou. Quando voltaram a trabalhar, os esforços feitos pela empresa na tentativa de normalizar a coleta na cidade não foi efetiva.

Alegando uma maior produção de lixo devido às festas de fim de ano, a empresa pediu, no dia 26 de dezembro, mais cinco dias para regularizar o serviço. A promessa vazia foi rebatida pelo prefeito de Divinópolis no último dia de 2018. Segundo ele, a segunda colocada, no processo de licitação que selecionou a Arbor, seria convoca para assumir os trabalhos. A oficialização veio no último dia 3, quando saiu a publicação do rompimento de contrato com a Arbor.

Comentários
×