Biografia de Lúcifer

 

João Carlos Ramos 

Biografia de Lúcifer 

No princípio, criou Deus o céu e a terra. A terra era sem forma e vazia e havia trevas sobre a face do abismo e o Espírito de Deus pairava sobre a superfície das águas - Gen 1:1.

A hierarquia angelical havia sido criada e Deus colocou Lúcifer no topo da pirâmide. Sendo um Querubim ungido, possuía dez pedras preciosas em seu peitoral, como sinal de poderio.

Todos os anjos estavam sob sua liderança, mas ele queria ser "semelhante ao Altíssimo", ou seja, semelhante a Deus. O primeiro passo era criar um "partido político celestial". Reuniu a terça parte dos anjos e lhes prometeu parte dos despojos. Dois terços dos anjos se posicionaram ao lado do arcanjo Miguel e não cederam ao discurso enganador. Deus resolveu entrar em cena e ordenou ao arcanjo Miguel que expulsasse o dragão do céu, juntamente com seu séquito, composto por um terço de anjos. Todos foram lançados na terra e, assim, juraram vingança ao Criador. Sendo impossível derrotar aquele que é o Rei do universo, logo iniciaram uma guerra contra os seres humanos que foram criados à imagem e semelhança de Deus. As primeiras vítimas foram Adão e Eva, que não resistiram e pecaram, sendo expulsos do paraíso. Desde então, Lúcifer, que, após ser expulso, passou a se chamar SATANÁS (adversário, em hebraico) se tornando "o deus desta era maligna'', deu continuidade ao seu reino de ódio e morte. Inspirando homens perversos, criou religiões e ideologias opostas para que guerreassem entre si, assim como ele guerreia contra Deus que não o perdoou. Segundo a Bíblia Sagrada, Satanás, o ex-Lúcifer, já está condenado e o livro de Apocalipse descreve seu destino assim: novamente haverá uma grande batalha, entre Miguel e Satanás, na guerra do Armagedom, e o dragão será aprisionado por mil anos. (...E vi descer um Anjo que tinha a chave do abismo e uma grande cadeia em sua mão. Ele prendeu o dragão, a antiga serpente que é chamada Diabo e Satanás e o amarrou por mil anos - Apoc. 20:1). O destino dele está profetizado e realmente ele está fatalmente condenado e não passará pelo juízo do trono branco. Todos os anjos que deram ouvidos a ele serão julgados, após os mil anos, no juízo final. Por fim, após a batalha de Gogue e Magogue, se cumprirá o que se segue: "...O Diabo que os enganava foi lançado no lago que arde com fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta e de dia e de noite, serão atormentados para todo o sempre -Apoc.20:10). Prezado leitor! Prezada leitora! Meu único interesse, através desta crônica, é que você não esteja entre os "enganados"... A vida é breve e cheia de lutas. Muitos não conseguem ir até o fim e abrem um atalho por conta própria, através do suicídio. Outros se envolvem em dívidas numerosas e praticam atos ilícitos, que certamente os conduzirão à prisão ou morte. Principalmente nesse período pandêmico, o desespero aumenta consideravelmente entre todos. Saibam que, direta ou indiretamente, todos os males do mundo são arquitetados pelo maligno que está sentenciado. Você tem conhecimento do juízo final, quando todos os seres humanos que se levantarem na segunda ressurreição, após o milênio, terão que encarar (“...E vi um grande trono branco e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença, fugiram os Céus e a Terra. E vi os mortos, grandes e pequenos que estavam diante do trono e abriram-se os livros e outro livro que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas no livro…” Apoc. 20:11-12). No outro livro, que é o da vida, constam os nomes daqueles que serão salvos por Deus, que conhece o fim, desde o princípio. A predestinação é a visão divina antecipando o fim. Que Deus ilumine a todos!

jocarramos@gmail.com

Comentários
×