Bienal de Contagem recebe Gusttavo Majory

Escritor divinopolitano retorna a encontro literário

Jorge Guimarães

Desde o começo do ano, o escritor divinopolitano Gusttavo Majory participou de mais de dez eventos literários. Em um deles, ocorrido no início deste mês, esgotou os livros “Pablo Rangel sem subtítulo” e “O musical”. Foram cerca de 550 exemplares vendidos na “Bienal internacional do Rio de Janeiro”.

— Foi definitivamente um sonho realizado. Qual autor que não sonha estar na Bienal do Rio? E ainda mais esgotar seus exemplares neste grande evento. Foi um dos maiores presente de aniversário, apesar de os livros se esgotarem um dia antes, mas não deixei de passar meu aniversário ao lado de duas coisas muito importante para mim: os livros e os amigos — avalia Gusttavo Majory.

Contagem 

Agora Majory se prepara para a 2ª “Bienal de Contagem”, que acontece neste fim de semana, sábado e domingo, no Museu do Trabalhador.

Considerado como uma simples feira, em 2014 o evento passou a ter maior público. Em 2015, virou uma bienal. Nesta edição receberá autores renomados, como Ana Faria e Laura Conrado. A entrada é gratuita e haverá programação extensa, elaborada para agradar a todas as faixas etárias.

— Não é mais um evento do qual participarei, mas sim de uma feira no estado em que nasci. Estou muito feliz com isso. Morei durante um ano e meio em Belo Horizonte e tenho vários amigos e leitores pela região metropolitana mineira. A expectativa está a mil. Acho eventos como esse muito importantes, pois incentivam a literatura a moradores de muitas cidades — conclui o escritor.

 

 

Comentários
×