Bíblia Sagrada

João Carlos Ramos 

A Bíblia Sagrada é o livro mais vendido no mundo. Segundo estatísticas recentes, foram vendidos seis bilhões de exemplares. Publicada em  2,8 mil idiomas,  estima-se que, dentro de cinco anos, aproximadamente, teremos uma Bíblia para cada habitante terrestre. Composta por 66 livros (originais/não apócrifos), divide-se em Velho e Novo testamento, contendo  tudo que o ser humano precisa para uma orientação segura em todas as áreas da vida. A engenharia da Arca de Nóé  é a mais perfeita do mundo. A sabedoria de Salomão jamais  foi superada e inspira os maiores sábios em todas as eras.

A psicologia e administração de Jesus Cristo é guia para estudiosos e mestres em todas as grandes universidades. O Apocalipse  é infalível em  todas as suas previsões. A culinária da Bíblia é a mais saudável e recomendável, conforme  peritos no assunto. O avanço da ciência nas diversas áreas se deve a estudos sigilosos (ou não) da Bíblia.

Embora críticos sagazes digam que há contradições na Bíblia, ela permanece perfeitamente harmônica entre todos seus 40 autores. Sucede que ela foi escrita em diversas áreas e ocasiões, inclusive em tempos de guerra. O conteúdo bíblico é praticamente escrito em linguagem literária poética e exige-se dos intérpretes o entendimento correto. Há  os livros de conteúdos jurídicos, históricos, sapienciais, poéticos, proféticos etc., e temos que contemporizar  as  informações advindas das referidas  escrituras sagradas. Figuras grotescas como Hitler, Lennon e mais recentemente o grupo Porta dos fundos (do inferno) tentaram, em vão apagar a imagem da Bíblia que, indubitavelmente, é a palavra de Deus. Os países cujos governantes optaram em obedecer ao livro santo encabeçam o poderio econômico mundial. Por outro lado, os oponentes se tornaram escórias dos poderosos. Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor (Salmo 33:12). O Senhor é o meu pastor e nada me faltará (Salmo 23:01). No princípio criou Deus o céu e a terra (Gênesis 01:01).

Diante desses fatos, que pessoas nos convém ser em santo trato e piedade? Para a vitória ser mais completa, constatamos que o livro, cognominado O Peregrino (John Bunyan) está em segundo lugar na lista dos mais vendidos em todos os tempos. O livro nos ensina a seguir exatamente o caminho da Bíblia. Foram vendidos 900 milhões de exemplares, superando  o romance Dom Quixote (Miguel de Cervantes).

 

Comentários
×