Beneficiários do Bolsa Família devem ficar atentos ao prazo do acompanhamento obrigatório

 

Da Redação

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) convoca as famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família para realizarem o acompanhamento obrigatório do segundo semestre de 2019. O público assistido deve procurar a unidade de saúde da sua região até 8 de novembro. 

Todos os membros da família devem comparecer para a pesagem e triagem, levando caderneta de vacinação, o cartão do Bolsa Família e o cartão da gestante, se for o caso, para acompanhamento e atualização no sistema. A ação faz parte do cronograma do Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde, do Ministério da Saúde. O chamamento começou no mês de setembro, porém muitos não compareceram. 

O acompanhamento de saúde é um dos requisitos obrigatórios para a manutenção do benefício e precisa ser cumprido duas vezes por ano, sendo uma no primeiro e outra no segundo semestre. Devem ser acompanhadas crianças menores de sete anos, mulheres de 14 a 44 anos e todas as gestantes. O objetivo é monitorar o estado nutricional, vacinação e pré-natal dos beneficiários. 

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país. O objetivo é garantir às famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde. Em todo o Brasil, mais de 13,9 milhões de famílias são atendidas no Bolsa Família.

Comentários
×