Bell em alta!

Marco Aurélio Braga 

Um chargista é capaz de satirizar os acontecimentos por meio de um personagem, com criatividade e originalidade. Estes profissionais, geralmente, possuem bom humor e espírito crítico, como Roberto Clementino, mais conhecido como Bob. De sua mente criativa nasceu Bell, personagem criado por ele e que ilustra as postagens em seu perfil no Facebook com grande sucesso. Numa simples definição, Bell seria um homem cinquentão, divorciado e com um ótimo relacionamento com as mulheres, com algumas ele "fica". É um "bom vivant", com estabilidade financeira e todo articulado, quem não conferiu as postagens, corre lá no site de relacionamentos Facebook e busque pela página de Bob Clementino.

Lives

Em tempo de quarentena, a Lider Interiores promove lives que movimentam a página da marca referência no segmento. Ontem o convidado foi Dado Castello Branco, arquiteto paulista formado em arquitetura e urbanismo pela Faculdade Belas Artes de São Paulo, com especialização na École Speciale d'Architeture, entre outras. Ele falou sobre o tema “Desmistificando a casa perfeita”, foi o quarto episódio dentro do projeto “Lider, em casa”. Outros virão, só conferir na página @liderinteriores.

Adélia

Em matéria de página inteira, publicada no jornal O Globo, Adélia Prado disparou: "Nunca as Sagradas Escrituras foram tão salvadoras quanto neste momento". Em isolamento pela pandemia, a poeta divinopolitana tem aproveitado a quarentena para ler a Bíblia e ir à janela em busca de um "ovnizinho, um sinal no céu", disse ela ao repórter Ruan de Sousa Gabriel.

Boa ação

Outra boa ação por aqui, marcada pelo transtorno mundial da pandemia da Covid-19, a Casa São Francisco, que tem como mantenedora a Comunidade Católica Sacramento de Amor, acolhe moradores de rua em caráter emergencial e oferece higiene pessoal, alimentação e abrigo. Diariamente são distribuídos café da manhã, almoço, banho, roupas limpas e kit de higiene pessoal para uma média de 60 moradores de rua. A Casa acolhe 27 moradores de rua em situação de vulnerabilidade e, para estes, também oferece café da tarde, jantar e dormitório.

Comércio

Nesta semana houve uma reunião do grupo multidisciplinar, nomeado pelo prefeito, para estudar a flexibilização do comércio. Teve como pauta a possível liberação de alguns serviços, desde que sejam realizados com horários agendados e sem aglomerações de pessoas num mesmo espaço. Entre os serviços que entrariam nesta lista estaria os de cuidados com a beleza (manicure, pedicure etc.), óticas, escritórios de engenharia, advocacia, design de interiores, arquitetura, contabilidade, entre outros. Tudo com o uso de equipamentos de segurança. Ainda não foi divulgado se a mudança prevalecerá, o grupo se reunirá novamente esta semana para tratar do assunto. Contrário a uma possível “flexibilização”, o secretário municipal de Saúde de Divinópolis, Amarildo Sousa, teme que essa situação possa levar ao colapso do sistema de saúde local em breve.

Cultura

O setor cultural foi um dos que mais sentiu o impacto da pandemia de Covid-19. Por aqui, o BDMG Cultural lançou o edital Redes de Conhecimento, direcionado a profissionais do setor cultural, que vão oferecer aulas on-line durante os meses de abril e maio. O resultado foi publicado ontem, no site do BDMG e cada projeto selecionado receberá R$ 1.000,00, entregues após a disponibilização de duas videoaulas sobre o tema escolhido no canal do Youtube do BDMG Cultural (especificações dos vídeos definidas no edital). Foram aprovadas 20 propostas.

 

Comentários
×