Bandeira verde emplaca terceiro mês seguido

Jorge Guimarães


A bandeira tarifária para abril permanece verde, sem custo para os consumidores, anunciou a Agencia nacional de Energia Elétrica (Aneel). Este será o terceiro mês consecutivo de bandeira verde. O motivo é que em março, os principais reservatórios de hidrelétricas do Sistema Interligado Nacional (SIN) apresentaram recuperação de níveis em razão do volume de chuvas próximo ao padrão histórico do mês. Vale lembrar que abril é um mês em que se inicia a transição entre o período úmido e o seco, a previsão é de manutenção da condição hidrológica favorável nas principais bacias do país.


Corte zero


Além da bandeira tarifária, o consumidor terá ainda outro favorecimento. A Aneel decidiu suspender por 90 dias os cortes de energia, a partir do último dia 25, para imóveis urbanos e rurais. Com a pandemia de Covid-19 a Centrais Elétricas de Minas Gerais (Cemig) também se adaptou aos novos tempos fechando suas agências de atendimentos e está atendendo aos seus consumidores via aplicativos encontrados em sua página na internet.

Leituras


E a partir de hoje, desta quarta-feira, 1º de abril, a Cemig informa que, os leituristas farão as leituras do mês com nova orientação de trabalho. O procedimento está alinhado com a Resolução Normativa 878/2020, publicada na última semana pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que trata do impacto da epidemia do coronavírus no setor elétrico.

Medidas


Com a decisão, os medidores que estão voltados para a rua terão a realização da leitura e entrega de contas normalmente; os localizados no interior das propriedades só terão a realização da leitura mediante autorização de acesso pelo cliente. Já se houver negativa de acesso neste período de pandemia, as leituras serão feitas por estimativa de consumo com base na média registrada nos últimos 12 meses. Como opção ao faturamento por média, o cliente poderá optar por informar previamente a leitura de seu medidor.

Comentários
×