Azul só retomará voos após fim de impasse entre Prefeitura e Socicam

 

Jorge Guimarães

 A Prefeitura de Divinópolis emitiu nota, na tarde de sábado, 31, para dizer que havia selado acordo com a Socicam Terminais de Passageiros, responsável pela gestão do Aeroporto Brigadeiro Cabral, para que os voos da Azul continuassem operando no município. No entanto, a empresa área confirmou a suspensão das atividades na cidade até que o impasse ser resolvido.

O acordo citado pela Prefeitura seria a possibilidade de a empresa receber parte da dívida até esta quinta-feira.

– Estamos trabalhando para que tudo seja acertado dentro do prazo. E uma boa notícia, dentro deste enredo todo, é que o deputado federal Domingos Sávio [PSDB] assume hoje a presidência da Comissão de Transportes Aéreo, Ferroviário e Terrestre na Câmara Federal. É possível que tal acontecimento seja uma das ações positivas para equacionar o problema do Brigadeiro Cabral. Caso contrário, se ocorrer realmente a saída da Socicam, o aeroporto será entregue aos cuidados de funcionários da Empresa Municipal de Obras Públicas e Serviços [Emop] – explicou ao Jornal Agora o secretário de Desenvolvimento Econômico, José Alonso Dias.

 Azul

 Por meio de nota, a empresa área informou que, “até que a situação seja resolvida, a Azul manterá a suspensão de seus voos de e para Divinópolis”.

 Dívidas

 O município tem uma dívida de R$ 2,6 milhões com a Socicam referente a um contrato da gestão passada.  O custo mensal para a Prefeitura é de R$ 168 mil. Além da dívida com a Socicam, o município tem R$ 1,4 milhão em crédito para receber de taxas dos permissionários dos hangares do Brigadeiro Cabral. A quitação dessa dívida, na avaliação da Administração Municipal, seria fundamental para amenizar essa situação.

 

Comentários
×