Automotivação

Automotivação é o ato de motivar a si mesmo, provocado por estímulos internos. A pessoa é o que é, pois encontra motivos dentro de si para alcançar seus objetivos, age de acordo com o que tem que ser feito. Alguém automotivado não espera acontecer, corre atrás do que quer. Considerando a resistência, uma pessoa que é motivada externamente é muito mais propícia a desistir do que uma automotivada, pois a motivação externa pode acabar, porém a interna não, o objetivo é abraçado, estudado e alcançado dentro dos limites.

Lembre-se que a sua motivação é você quem faz. Seu chefe, seu parceiro, seu cônjuge, seus amigos, parentes ou analistas não são responsáveis por isso. Você é o único responsável por isso.

Se você concorda que a motivação é um problema para você, aqui estão algumas dicas:

  1. Encontre o seu mantra

Um mantra não precisa ser longo – ele só precisa te deixar animado.

Todo mundo tem sua própria vida para viver e, eu não posso dizer qual é o seu mantra – mas eu aposto que você provavelmente já tem alguma coisa em mente.

  1. Lembre-se dos seus momentos de pico

Podemos chamar isso também de “estar na área”. Mas os momentos de pico significam encontrar o seu melhor momento de trabalho.

São momentos de triunfo e eles nos lembram de quem somos, o que estamos fazendo – e por que estamos perseguindo nossos objetivos únicos de vida.

Um momento de pico é um momento em que você sente que está no auge de seu momento de produtividade. Em seu momento de pico você se conecta com o tempo em que você se sentiu mais realizado, mais disposto, mais presente.

  1. Seja ativo

Há tantas pesquisas por aí que falam sobre os benefícios do exercício – e inúmeras pesquisas que mostram como ele pode melhorar.

Quando você não faz exercício, não é só a sua forma física que sofre, mas seus outros objetivos sofrem também.

O seu trabalho depois de uma sessão de exercícios, após uma corrida e um banho refrescante se torna um dia muito produtivo, e você deveria fazer isso todos os dias. Certamente vai sentir a diferença.

  1. Motive-se diariamente

A motivação reside em você mesmo.

O que você acha que é mais fácil:

Motivar-se após um dia improdutivo, semana ou mês ou motivar-se depois de uma série de sucessos, um melhor que outro?

É claro que é mais fácil estar motivado quando as coisas já estão vindo em sua direção. Então por que não começar o dia com algum impulso?

Comece o seu dia com uma dose de inspiração. Você será lembrado diariamente sobre a sua motivação e seguir em frente em direção aos seus objetivos.

  1. Lembre-se que esse momento é precioso

Às vezes, quando não estamos motivados para fazer o que precisa ser feito, precisamos nos lembrar que, se perdermos essa oportunidade, essa chance pode ser única e nunca vamos conseguir outra igual.

Nossos minutos, horas e dias vêm em torno de um tempo – e cabe a nós mesmo viver a vida que queremos, nesse momento.

  1. Não deixe a energia acabar

São as pequenas coisas que levam a uma queda motivacional. É pular um treino para sair com os amigos, depois dois, e assim por diante.

Na semana seguinte, na parte de trás da mente você já está racionalizando que hoje é um dia ruim para a academia – há tanto ímpeto trabalhando contra mim que é difícil começar de novo.

Não caia nessa armadilha.

Quando você se vê caindo nas mesmas velhas rotinas, tome uma atitude imediatamente, não importa quão pequena seja a vitória, use esse impulso para novas tarefas.

  1. Saia da esteira da falha

Você precisa começar a ter algumas pequenas vitórias – assim você pode sentir os benefícios de tomar alguma ação em sua vida.

Comentários
×