Ausência no primeiro turno deve ser justificada até hoje

 

Da Redação

 Quase dois meses após a eleição do primeiro turno já se passaram, mas ainda há pessoas em débitos com a Justiça Eleitoral. Quem não votou no primeiro turno das eleições deste ano e não justificou a ausência, deve comparecer ao cartório eleitoral. Prazo termina hoje. A Justiça eleitoral funciona até s 18h. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a não regularização eleitoral acarreta em uma série de barreiras.

Impedimentos

 Quem não justifica fica impedido de ser empossado em cargo público, de se matricular em instituições de ensino superior e de emitir passaporte. Além disso, caso seja servidor público, a quitação eleitoral é uma exigência para o pagamento do salário. Após não comparecer as urnas três eleições consecutivas, o título é cancelado.

Para quem não compareceu nem justificou a não participação eleitoral no segundo turno, o prazo vai até o dia 27 deste mês.

 Divinópolis

 Na cidade, segundo dados do Tribunal Regional de Minas Gerais (TRE-MG), 136.473 compareceram às zonas eleitorais no primeiro turno. Esse número representa 83,56% do eleitorado do município, que conta com pouco mais 163 mil pessoas aptas a votar.

 Como justificar

 O eleitor que não compareceu às urnas no primeiro turno pode entre justificar nos cartórios eleitorais (rua Pernambuco, 299 – Centro) ou através da Internet. No cartório é necessário levar documento de identidade original com foto, além do Requerimento de Justificativa Eleitoral (http://www.justicaeleitoral.jus.br/arquivos/tse-requerimento-de-justificativa-eleitoral-pos-eleicao) devidamente preenchido.

       Pela Internet, é preciso acessar o site (https://justifica.tse.jus.br/). Basta clicar em “Iniciar requerimento de justificativa” e preencher o formulário on-line, declarando o motivo da ausência. Para realizar o processo, a pessoa deve ter em mãos o título de eleitor.

Comentários
×