Aumenta o número de inscrições para mesário

 

Maria Tereza Oliveira

Divinópolis contará com 2012 mesários em suas duas seções para atuar no pleito. As eleições deste ano devem mobilizar 2 milhões de mesários em todo o país. Segundo os representantes da 102ª e 103ª seções do Município, o número de inscrições para ser mesário aumenta cada vez mais.

A 17 dias do próximo pleito que irá escolher deputados estaduais e federais, senadores, governador e presidente, os mesários, assim como outros voluntários, já fizeram treinamento para atuarem nas eleições do próximo dia 7.

Além dos mesários, Divinópolis também conta com 125 coordenadores de locais de votação, responsáveis por dar suporte aos mesários. 26 pessoas trabalhando na junta eleitoral e 53 pessoas para apoio nos locais de votação.

Mesários

A função do mesário é representar a Justiça Eleitoral na mesa receptora de votos. Antes de estarem aptos para as funções, os mesários recebem treinamento específico que pode ser presencial ou à distância.

Em Divinópolis, os 2012 mesários se inscreveram através do site ou indo a um dos cartórios eleitorais. De acordo com a chefe de cartório da 103ª Zona Eleitoral, Cíntia Oliveira Creco, os mesários das últimas eleições passam por um questionário para saber se vão querer trabalhar no próximo pleito.

Segundo o chefe de cartório da 102ª Zona Eleitoral, Cleiton Moreira, a maioria das pessoas tem interesse em continuar na função, entretanto, além dos 2012 mesários titulares, também existe um quadro de reservas para substituições.

Benefícios

Pode se inscrever ao cargo quem tem 18 anos completos e está em dia com a Justiça Eleitoral. Ser mesário traz inúmeros benefícios que não são muito conhecidos.

Um dos benefícios é que a cada turno trabalhado, o mesário tem direito a dois dias de folga no emprego. Direito de se ausentar do trabalho pelo dobro dos dias trabalhados nas eleições e em que participar de treinamentos ministrados pela Justiça Eleitoral para o exercício da função.

Cada mesário também recebe a quantia de R$ 30 por dia trabalhado nas eleições para lanchar.

No entanto, o benefício mais ambicionado é que ser mesário é fator de desempate em diversos concursos públicos. O exercício da função de mesário pode valer como critério de desempate em concurso público, caso haja essa previsão no edital.

Funções

Os mesários têm grande responsabilidade durante o processo de votação. É função do mesário verificar as credenciais dos fiscais, adotar os procedimentos para a emissão da zerésima, iniciar e encerrar a votação, digitar o número do título do eleitor no terminal do mesário, autorizando-o a votar ou a justificar, receber as impugnações em relação à identidade do eleitor, providenciar a entrega dos materiais à junta eleitoral, além de resolver as dificuldades e esclarecer as dúvidas que ocorrerem.

Também é função do mesário verificar se a urna e os cadernos de votação correspondem à zona eleitoral e à seção, verificar a data e o horário registrados na urna, afixar no interior da seção, bem como do lado de fora, cartazes de proibição de propaganda na seção, nomear eleitores para substituir mesários faltosos, zelar pela preservação da lista de candidatos, comunicar imediatamente ao juiz eleitoral as ocorrências sobre as quais deva decidir, emitir as vias do boletim de urna e do boletim de justificativa, assinar todas as vias do boletim de urna e do boletim de justificativa com o primeiro secretário e fiscais dos partidos políticos e coligações presentes, romper o lacre do compartimento da mídia de gravação de resultados da urna e retirá-la, colocando novo lacre, anotar, após o encerramento da votação, o não comparecimento do eleitor, fazendo constar do local destinado à assinatura, no caderno de votação, a observação "não compareceu".

 

Comentários
×