Atlético vence o Vitória-BA no Horto e se recupera no Brasileirão

José Carlos de Oliveira

Em sua estreia diante da torcida no Campeonato Brasileiro 2018, o Atlético jogou com determinação e raça na tarde deste domingo para vencer o Vitória por 2 a 1, na Arena Independência, pela 2ª rodada do torneio nacional. Os gols alvinegros foram marcados por Ricardo Oliveira e Róger Guedes, um em cada tempo. Gabriel (contra) marcou para os baianos no final da segunda etapa.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Galo volta a jogar com o apoio de sua torcida. Receberá o Corinthians, domingo, às 16h, na Arena Independência.

Bom futebol

Na primeira etapa, o Atlético fez o primeiro gol aos 19 minutos, quando Ricardo Oliveira completou de cabeça jogada de Gustavo Blanco pela ponta esquerda. Ainda no primeiro tempo, o Atlético acertou três bolas na trave, mas o placar ficou mesmo só no 1 a 0.

O segundo gol alvinegro aconteceu somente aos 27 minutos da segunda etapa. Ricardo Oliveira ganhou a jogada na raça pela esquerda, fez o cruzamento por baixo e Róger Guedes desviou para o gol.

O tento de honra dos baianos aconteceu aos 42 minutos, com o zagueiro Gabriel marcando contra.

Detalhes da Partida

Jogo: Atlético 2 x 1 Vitória

Motivo: 2ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018

Data: 23/04/2018 - Hora: 16h - Estádio: Arena Independência

Gols: Ricardo Oliveira (19’/1ºT), Róger Guedes (27’/2ºT), Gabriel (contra) (42’/2ºT)

Público: 10.423 - Renda: R$128.294,00

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (CBF/RJ)

Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa/RJ) e João Luiz Coelho de Albuquerque (CBF/RJ) - 4º Árbitro: Carlos Henrique Cardoso de Souza (CBF/RJ) – Assistentes adicionais: João Ennio Sobral (CBF/RJ) e Rodrigo Carvalhaes de Miranda

Cartões amarelos: Ricardo Oliveira, Gustavo Blanco (Atlético); Uillian Correia, Ramon, Kanu (Vitória)

Atlético - Victor (C); Patric, Bremer, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Gustavo Blanco (Matheus Galdezani), Luan (Elias), Róger Guedes e Otero (Erik); Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

Vitória - Caíque; José Welison, Kanu, Ramon e Pedro Botelho (Jeferson); Willian Farias (Guilherme Costa), Uillian Correia, Yago (Baumjohann), Rhayner, Neilton e Denílson. Técnico: Vágner Mancini.

Comentários
×