Atlético tem surto de Covid-19 dentro do clube; Dez jogadores e o técnico Sampaoli estão entre os infectados

Mais de 20 profissionais já foram confirmados com a doença

Bruno Davi Bueno

O Atlético realizou na manhã desta quarta, 18, uma nova testagem em massa de todos os jogadores e comissão técnica para detectar a presença do novo Coronavírus. Após divulgar na última segunda, 16, que nove profissionais estavam contaminados com a doença, incluindo o zagueiro Gabriel e o treinador Jorge Sampaoli, foi confirmado, hoje, que mais onze pessoas envolvidas com o clube contraíram a Covid-19.

Além do diretor de futebol Alexandre Mattos, do supervisor de futebol Carlos Alberto Isidoro, dos analistas de desempenho Diogo Alves e Gustavo Nicoline, do auxiliar técnico Carlos Desio e do o segurança André Ricardo, outros cinco atletas foram contaminados. São eles: Victor, Guga, Réver, Allan e Eduardo Vargas.

Outros casos recentes

Na semana passada, quatro jogadores do Galo já haviam testado positivo para a doença. O volante Ruben Dias, da equipe de transição, juntamente com Alan Franco, que estava disputando as Eliminatórias da Copa 2022 pelo Equador e os jogadores Savinho e Rômulo, da seleção sub-20, foram os infectados.  Todos estes já estavam em isolamento desde a confirmação.

Vale lembrar que em Maio o Atlético realizou uma desinfecção geral no Centro de Treinamento e outras instalações da equipe após o meia Cazares, que não está mais no clube, testar positivo para a doença. A ação foi referência para outros clube no Brasil e erradicou, pelo menos no momento, uma possível onda de contaminação.

Quem são os contaminados?

Ao todo, desde semana passada, são 24 profissionais do clube infectados com a doença. Segundo o Atlético, todos estão em isolamento se recuperando para retornar as atividades o mais rápido possível. Veja quem são os infectados:

Atletas: Gabriel, Ruben Dias, Alan Franco, Sávio, Rômulo, Victor, Guga, Réver, Allan e Eduardo Vargas.

Comissão Técnica: Jorge Sampaoli (técnico), Pablo Fernandez (preparador físico), Jorge Desio (auxiliar técnico), Carlos Desio (auxiliar), Marcos Fernandez (auxiliar de preparação física), Gustavo Nicoline (analista de desempenho), Diogo Alves (analista de desempenho), Frederico Fortes (analista de desempenho) e Danilo Minutti (treinador de goleiros).

Outros membros da delegação: Alexandre Mattos (diretor de futebol), Gabriel Andreata (gerente de futebol), Carlos Alberto Isidoro (supervisor de futebol), , Domênico Bhering (diretor de Comunicação) e André Ricardo (segurança).

Prejuízo ao líder

Mesmo com tantos contaminados, o Atlético irá a campo hoje, 18, enfrentar o xará paranaense em jogo adiado da 7º rodada do Campeonato Brasileiro. Sem o seu treinador e os auxiliares, a equipe será comandada pelo técnico da equipe de transição, Leandro Zago. O substituto mandará uma equipe bem alternativa a campo, já que, além dos dez jogadores infectados pela doença, Savarino e Alonso estão impossibilitados de jogar, por estarem servindo suas seleções nas Eliminatórias para a Copa.

O provável Galo que enfrentará o Athletico-PR às 19h no Mineirão será escalado com: Everson, Bueno, Gustavo Henrique, Igor Rabello, Arana; Jair, Nathan, Zaracho, Sasha, Keno e Marrony. A partida não terá transmissão da TV.

Comentários
×