Atlético mereceu a vitória

Batendo Bola

José Carlos de Oliveira 

jcqueroviver@hotmail.com.br

 

Começou com vitória alvinegra mais uma decisão entre Atlético e Cruzeiro. Até aí nada demais. A diferença é que a segunda-feira pós-clássico nem parece ser um dia após um duelo decisivo entre os dois maiores rivais do futebol mineiro. Não tem ninguém jogando a culpa em árbitros nem comemorando título antes da hora.

A verdade do clássico é o que ficou do “jogão” no Horto. O Atlético foi infinitamente melhor que o Cruzeiro no primeiro duelo do mata-mata e mereceu a vitória. Simples assim.

O Galo deu um passo enorme rumo ao bi estadual, mas também deu chance a que os celestes possam se recuperar.

Deu mole

Esta é a verdade. O time bem treinado pelo Thiago Larghi engoliu a Raposa do Mano Menezes no primeiro tempo, mas deu sopa para o azar ao não matar de vez o duelo. Jogasse todo o jogo como na primeira metade, a faixa já estaria no peito. Não o fez, e manteve as esperanças dos estrelados. 

Novamente ele 

E se a China Azul não chora por antecedência a perda do título é porque o moço do Uruguai novamente deixou sua marca em um clássico. Tem jogador que é assim. Sobe de produção em determinados jogos e sempre marca seus golzinhos. E é assim a história de Arrascaeta com o Atlético. Mesmo com o time mal em campo, ele não deixa de se sobressair.

 Com a mão na taça

 Pelos últimos duelos entre os rivais, o Atlético colocou, sim, uma mão na taça. Nos últimos confrontos entre eles, o time que levou a melhor na ida dificilmente ficou sem o troféu. Podendo perder por um gol de diferença, o Galo ficou, sim, muito perto do bi.

 MANGUEIRAS BRASIL 

Hoje tem reunião dos Jemd 

 

Na tarde de hoje, a partir das 14h, na Escola Estadual Padre Matias Lobato, acontece reunião entre representantes de escolas estaduais e os organizadores dos Jogos do Ensino Médio de Divinópolis (Jemd 2018).

A competição de futsal, feminino e masculino, reunirá alunos/atletas de escolas estaduais nas categorias Sub-15 (2003-04) e Sub-17 (2000-01-02).

Já estão garantidas na disputa as equipes das escolas estaduais Joaquim Nabuco, Armando Nogueira, Martin Cipryen, Manoel Corrêa, Cefet Divinópolis, Ilídio da Costa Pereira, Vigário José Alexandre, Melquíades Batista de Miranda, São Vicente, Monsenhor Domingos, Santo Tomaz de Aquino, Dona Antônia Valadares e Lauro Epifânio.

 Está chegando a hora da decisão

 Sábado é dia de jogo decisivo para o Guarani. Às 16h, o alvirrubro recebe o América de Teófilo Otoni, em duelo da última rodada da fase de classificação do Campeonato Mineiro 2018, em seu Módulo II. Será o confronto entre os dois melhores times da primeira fase.

Escrevo a coluna antes de terminar a partida de ontem à noite, em Teófilo Otoni, entre América e Uberaba Sport. Se os donos da casa tiverem perdido o jogo, bom para o Guarani que só perderá o título simbólico de campeão da primeira se for goleado no fim de semana. Hoje a diferença no saldo é de 7 gols a favor do Guarani (11 a 4).

E mesmo que os americanos tenham levado a melhor na noite de segunda-feira, 2, quando esta edição já estava fechada, o Guarani ainda joga pelo empate no fim de semana. O time colhe nos últimos jogos tudo aquilo que plantou durante toda a fase de classificação.

 É com a torcida 

Agora é mais uma chance de a torcida provar que pretende mesmo jogar junto com o Bugre. Comparecer ao jogo de sábado e lotar o Farião é tudo que o alvirrubro espera de seu torcedor.

Comentários
×