Atlético joga no Uruguai hoje em busca de reação na Libertadores

 

José Carlos de Oliveira

 O Atlético joga hoje no Uruguai pela Copa Libertadores. O Galo faz sua terceira apresentação em Montevidéu este ano – nas outras duas enfrentou Danúbio e Defensor, pela pré-Libertadores – buscando seus primeiros pontos no Grupo E do torneio continental.

O adversário desta noite será o Nacional, em jogo da segunda rodada da fase de grupos e que está marcado para o estádio Gran Parque Central, às 21h30. O Galo estreou no Grupo E perdendo para o Cerro Porteño em Belo Horizonte, por 1 a 0, e tenta a recuperação hoje para não se afastar dos primeiros colocados. Nacional e Cerro Porteño venceram na estreia e largaram na frente na luta pelas duas vagas do grupo nas oitavas de final da competição.

 Treino em Montevidéu

 A delegação alvinegra deixou Belo Horizonte em voo fretado na noite de domingo, levando 23 jogadores, comissão técnica, diretores e um grupo de torcedores. Na tarde de ontem, às 17h, no Estádio Luis Franzini, que pertence ao Defensor, o técnico Levir Culpi comandou um treino leve para os jogadores.

Para a partida desta noite em Montevidéu, o treinador terá que fazer pelo menos uma mudança na equipe que enfrentou o Cerro. O volante Adilson levou o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão. Seu substituto será Zé Welison.

O provável time do Atlético para enfrentar o Nacional esta noite é de: Victor; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison, Jair, Elias, Luan e Cazares; Ricardo Oliveira.

 Arbitragem

 Para o duelo entre Nacional e Atlético, no Uruguai, a Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol) escalou uma arbitragem chilena. O juiz será Roberto Tobar, auxiliado por seus compatriotas Christian Schiemann e Alejandro Molina. O 4º árbitro será Eduardo Gamboa.

Comentários
×