Atlético e América iniciam hoje duelo por vaga na final do Mineiro

 

José Carlos de Oliveira

 O segundo duelo das semifinais do Campeonato Mineiro 2018, em seu Módulo I, será disputado na noite de hoje, às 20h, na Arena Independência, em Belo Horizonte. Frente a frente, o segundo e o terceiro colocado da fase de classificação: América e Atlético.

As semifinais acontecem em dois jogos. No clássico entre Galo e Coelho valendo vaga na final do estadual, a vantagem é do América, que joga por dois empates ou por vitória e derrota com a mesma diferença de gols.

A arbitragem para esta noite é da Federação Mineira de Futebol (FMF). O dono do apito será Igor Junio Benevenuto. Ele terá como auxiliares Emerson de Almeida Ferreira e Jerferson Antônio da Costa. O quarto árbitro será Felipe Fernandes Lima.

 Muitas opções 

O técnico Thiago Larghi fechou parte do treino da tarde de ontem, na Cidade do Galo, no último preparativo do time alvinegro para o duelo frente o América logo mais.

Como acontece, desde quando assumiu o comando interino do time, o treinador segue com dúvidas para escolher os três homens que comporão a linha de frente do meio-campo, responsável por fazer a bola chegar ao atacante Ricardo Oliveira.

Cinco jogadores brigam pelas três vagas. Larghi tem para o setor o equatoriano Cazares, o venezuelano Otero, além de Róger Guedes, Luan e Erik, com dois deles devendo ficar no banco de reservas esta noite.

No restante da equipe, não há mistério. O goleiro será Victor; a defesa terá Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson e Elias serão os volantes, com Ricardo Oliveira comandando o ataque alvinegro.

 América 

Na manhã de terça-feira, as atividades no Coelho começaram no auditório do CT Lanna Drumond, onde a comissão técnica mostrou vídeos do América e do Atlético, adversário de hoje. Depois, os atletas fizeram trabalhos físicos em campo.

Quando a bola rolou, Enderson Moreira realizou um trabalho de criação de jogadas, com ênfase em ultrapassagens pelas laterais. Na sequência, ele comandou um treino tático, no qual deu indícios da equipe que vai iniciar o clássico desta quinta.

Aylon, Rafael Moura e Marquinhos, que haviam sido poupados do treino de segunda-feira, participaram normalmente das atividades desta terça. João Ricardo, ainda com um incômodo na coxa direita, ficou em tratamento, mas não deve ficar de fora do jogo.

Na tarde de ontem, Enderson fechou parte do treino, fazendo mistério sobre o time que manda a campo no clássico. Mas, por mais que ele procure esconder a escalação, o América para enfrentar o Atlético não deve fugir da seguinte formação: João Ricardo; Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni; Juninho, Zé Ricardo, Serginho e Marquinhos; Aylon e Rafael Moura.

As principais novidades do América para o clássico frente o Atlético pelas semifinais do Mineiro estarão no banco de reservas: o volante Wesley, que veio do Palmeiras, e o atacante Ruy.

 

Comentários
×