Ataliba Lago recebe livros de histórias afroinfantis

De acordo com a coordenadora da biblioteca, Luciane Miranda, os livros estarão disponíveis nos próximos 15 dias para os leitores.

Da Redação

A Prefeitura de Divinópolis, por meio da Biblioteca Pública Municipal Ataliba Lago, lançou, nesta sexta-feira, 10, o projeto “Na Voz do Tambor – Histórias Afrocentradas”, do Conte Comigo Ateliê Multipráticas, por meio da Lei Aldir Blanc. A proposta inseriu 20 livros de histórias afroinfantis no acervo da Ataliba Lago.

A proposta, de acordo com a educadora Mariana Bernardes, amplia e promove o avanço das relações étnicas raciais dentro de instituição. 

— É uma oportunidade para trabalhar as novas formas de afetividade, representatividade e estímulos ao público infantil negro, que não contava com referências. Nossa proposta é inserir livros afroinfantis para crianças. Temos grande maioria de crianças negras, no entanto a grande referência é de história da Europa e por isso crianças não se identificam — explicou Mariana.

O secretário municipal de Cultura, Diniz Borges, destacou a importância do projeto para apresentar as crianças histórias com referências.

— É uma proposta extremamente importante porque apresenta uma literatura que criança pode se identificar. Agora, a biblioteca contará com histórias recheadas de encantamento, afeto e representatividade — disse.

De acordo com a coordenadora da biblioteca, Luciane Miranda, os livros estarão disponíveis nos próximos 15 dias para os leitores.

— Nosso acervo ganha muito com os livros do projeto. Tínhamos poucos exemplares de literatura afroinfantis, agora teremos mais opções para nossos leitores — afirmou.   

Comentários
×