Associação do conjunto Elizabeth Nogueira luta para reerguer sede

 

Ana Laura Corrêa 

 O imóvel da sede da Associação de Moradores do conjunto Elizabeth Nogueira, na rua Padre Paulo, em Divinópolis, foi construído há sete anos. A casa foi vandalizada e teve de ser demolida.  

— Primeiro, foi o vandalismo. Tiraram o telhado, arrancaram as portas, os vasos sanitários e janelas. Não tinha mais nada, apenas as paredes. Além disso, a laje estava comprometida. Algum tempo depois, a parede da frente e a laje acabaram caindo. Então, diante do risco, o dono do loteamento demoliu o restante — explicou o morador Nilson Coelho.  

Agora, os moradores solicitam à Prefeitura a posse do terreno para que possam reconstruir o imóvel. 

— Já estamos há muito tempo correndo atrás, tivemos reunião com o prefeito Galileu Machado (MDB), com o secretário Ricardo Moreira, vereadores, mas o prefeito ainda não providenciou a documentação — explicou Nilson. 

 Atividades  

De acordo com o morador, a futura sede poderá ser utilizada para a realização de projetos sociais na região. 

— Vamos refazer o imóvel para colocar uma igreja e atividades que beneficiem os moradores da região, não só do Elizabeth Nogueira, mas também dos bairros Terra Azul e Quinta das Palmeiras. Nós já conversamos com uma dentista e ela já se dispôs a trazer seus materiais para atender uma vez por semana para ajudar. Ainda na área da saúde, outras pessoas também se disponibilizaram para fazer medição de pressão e glicose — disse Nilson. 

Bairro  

O conjunto habitacional Elizabeth Nogueira, que fica no bairro Quinta das Palmeiras, foi inaugurado em julho de 2012. Hoje, quase seis anos depois de o conjunto ter sido entregue, a região ainda não conta com o serviço de Correios, de acordo com os moradores. 

 Prefeitura  

Procurada pelo Agora, a Prefeitura de Divinópolis se limitou a informar que o imóvel é de responsabilidade da associação de moradores. 

 

 

Comentários
×