Associação comercial de Divinópolis pede diálogo entre governo e transportadores

Da Redação

Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Divinópolis (Acid) divulgou nota na tarde desta sexta-feira, 25, em que declara apoio ao movimento dos caminhoneiros. Leia a íntegra da nota, assinada por Leonardo Santos Gabriel, presidente da entidade

Leia a íntegra da nota

"As justas reivindicações dos caminhoneiros estão centradas nos custos dos impostos sobre os combustíveis e na falta de uma política de preços previsível e transparente.

De fato, o peso dos impostos sobre o produto se tornou insuportável. A soma dos tributos federais e estaduais supera, em Minas Gerais, a barreira dos 40%. Uma das maiores cargas tributárias sobre os combustíveis do país.

Diante desta realidade a Acid compreende as motivações do movimento dos caminhoneiros, mas entende que é preciso preservar o fluxo da produção e do suprimento básico para a população, sob pena de o prejuízo tornar-se incalculável, com reflexos futuros altamente indesejáveis.

A preocupação da entidade é que este movimento está atingindo a economia como um todo ebcausando o desabastecimento à população e prejuízos aos setores produtivos e ao comércio por falta de matéria prima, produtos e combustíveis, prejudicando todo o sistema logístico das empresas, o que fatalmente irá impactar nos preços e consequentemente na inflação.

Por estes motivos destaca a importância da manutenção do diálogo entre o governo e os transportadores visando encontrar alternativas urgentes, para que o movimento não gere maiores danos à sociedade, que já conta com um longo período de instabilidade política e econômica

Leonardo Santos Gabriel, presidente da Acid"

Comentários
×