Assistência Social modifica atendimentos para ajudar no combate ao coronavírus

Da Redação

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) informa que, com a publicação do Decreto 13.724/2020 da Prefeitura de Divinópolis, será necessário promover algumas alterações nos atendimentos ao público, no sentido de colaborar com o trabalho de combate à epidemia do coronavirus.

Assim, todos os Núcleos dos Serviços de Convivência, que atendem crianças, adolescentes, deficientes e idosos, e estão espalhados por vários bairros, terão todos os trabalhos suspensos por 20 dias.

Pelo mesmo período, ficarão paralisados os trabalhos do Centro do Migrante, que ficará fechado.

A Casa dos Conselhos terá todas as suas reuniões suspensas nesse período, e não realizará atendimentos ao público.

Também, nesse período não será realizado o atendimento para solicitação de cota básica do IPTU, porém, o contribuinte não será prejudicado, já que, o prazo para essa solicitação vai até dia 30 de julho.

Todas as quatros unidades dos Centros de Referencia de Assistência (Cras), o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e demais serviços, manterão  atendimentos reduzidos, desde que agendados previamente, através do telefone de cada serviço.

Essas, e outras, alterações nos atendimentos, que se fazem extremamente necessárias nesse momento, estão detalhadas no Ofício Circular 001/2020-SEMAS, emitido pela Secretaria de Assistência Social, e terão a duração de 20 dias, podendo ser prorrogadas, conforme determina o decreto municipal.

O secretário Municipal de Assistência Social, Juliano Prado, explica que a determinação segue indicações legais e se dá após a declaração de situação emergencial no município, segundo decreto Nº 13.722/2020.

— Devido ao surto do Covid-19 em Divinópolis, classificada como Zona de Transmissão do Coronavírus. Torna-se necessário a adoção de medidas preventivas, buscando diminuir as possibilidades de contágio da doença — completa.

Comentários
×