Arrascaeta desfalca Cruzeiro hoje contra o Boca Juniors

 

 

José Carlos de Oliveira 

Cruzeiro e Boca Juniors começam a decidir na noite de hoje uma vaga nas semifinais da Copa Libertadores. O vencedor do duelo enfrenta na próxima fase quem passar do confronto entre Palmeiras e Colo Colo.

A partida de ida das quartas de final entre mineiros e argentinos será disputada em Buenos Aires, com a volta ocorrendo em Belo Horizonte, no dia 4 de outubro.

O duelo de hoje está marcado para o estádio La Bombonera, e começa às 21h45. A Tv Globo transmite o jogo ao vivo.

 Sem Arrascaeta 

A delegação celeste seguiu para a Argentina na noite de segunda-feira, sem o meia-atacante uruguaio Giorgian De Arrascaeta, que ficou em Belo Horizonte cuidando de uma contusão.

Ele é dúvida até mesmo para a partida de domingo, contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro.

O uruguaio só deve voltar ao time no confronto de volta pela Copa do Brasil, na quarta-feira, 26, contra o Palmeiras, no Mineirão.

Antes de embarcar para Buenos Aires, o Cruzeiro divulgou a programação para o duelo frente o Boca Juniors. Ontem, mais cedo, o técnico Mano Menezes comandou um treinamento no complexo do estádio El Nuevo Gasómetro, que pertence à equipe do San Lorenzo.

No início da noite, às 18h, os jogadores fizeram um treino de reconhecimento do estádio La Bombonera, local do jogo contra Boca Juniors, válido pelas quartas de final da Conmebol Libertadores.

Com os trabalhos fechados para a imprensa, o técnico faz mistério sobre quem entra no lugar do contundido Arrascaeta. A primeira opção seria Rafinha, substituto imediato do uruguaio, mas não está descartada a escalação de Lucas Romero pela direita, com Robinho sendo deslocado para a esquerda. Bruno Silva também tem chance de ocupar a posição.

Com a dúvida sobre quem entra na vaga de Arrascaeta, o Cruzeiro para enfrentar o Boca Juniores deve ser de: Fábio; Edílson, Leo, Dedé e Egídio; Henrique e Luca Silva; Thiago Neves, Robinho e Rafinha (Lucas Romero ou Bruno Silva); Hernán Barcos.

 Árbitro de Vídeo 

O juiz paraguaio Éber Aquino, de 39 anos, será o dono do apito na partida entre Boca Juniors e Cruzeiro, hoje, às 21h45 (de Brasília). O duelo terá pela primeira vez da competição, o árbitro de vídeo (VAR). O indicado pela Conmebol para trabalhar no jogo foi o também paraguaio Mario Díaz de Vivar, de 34 anos.

No final da manhã de ontem, atletas e membros da comissão técnica do Cruzeiro participaram de uma palestra da Conmebol sobre o VAR (Árbitro de Vídeo). A atividade aconteceu no hotel onde a delegação celeste está hospedada em Buenos Aires e foi ministrada pelo ex-árbitro uruguaio Martin Vázquez, que é o assessor internacional de arbitragem da entidade.

Na palestra, que durou cerca de meia hora, Vázquez elucidou sobre diversas situações em que se faz necessário o uso do VAR e qual a influência da aplicação dentro de um jogo.

 

Comentários
×