Arraial da Dona Geralda em prol da Acccom será em 20 de julho

Da Redação 

A festa solidária de aniversário de 73 anos da paciente e voluntária da Associação de Combate ao Câncer Dona Geralda acontecerá em sua 9ª edição. 

Será no dia 20 de julho, sábado, na rua Guaporé, no bairro Santo Antônio, em Divinópolis, a partir das 17h. Haverá show com a dupla Thiago e Júnior e uma quadrilha especial, que começou os ensaios há meses. 

Mais de 20 comidas típicas e bebidas serão servidas: caldos, canjica, doces, churrasquinho, pastel, macarrão na chapa, tropeiro, pipoca, cachorro quente, sopa de galinha, além das brincadeiras para os adultos e crianças, pescaria, cadeia, rei e rainha da pipoca, bingo e muito mais. 

Segundo Dona Geralda, “essa é uma festa da solidariedade, é um ambiente animado, para família e amigos, com muita gente bonita e do bem. Agradecemos muito a todos que nos ajudam nesse evento em prol da luta contra o câncer: vizinhos, amigos, familiares, voluntários, funcionários da Acccom, imprensa, Deus os abençoe sempre!”. 

A renda obtida com o evento será revertida para a manutenção dos diversos projetos existentes na entidade, que atende gratuitamente a pacientes e acompanhantes de 53 cidades do Centro-Oeste de Minas, Alto São Francisco e parte do Sudoeste do estado. 

A instituição possui um gasto fixo mensal na ordem de R$ 900 mil. A Associação, que recentemente obteve o Certificado de Entidade de Assistência Social (Cebas), em Saúde, além de assinar contrato com o SUS – Sistema Único de Saúde, é composta: pelo Hospital do Câncer, construído, expandido, equipado e mantido técnica e financeiramente pela Associação; Casa de Acolhimento gratuita para os pacientes, com enfermagem 24h, 5 refeições ao dia, 80 leitos; Centro Oncológico, com fisioterapia, psicologia, psiquiatra, dermatologia, prevenção, odontologia, cuidados paliativos, câncer hereditário; e o Centro Administrativo.

História do Arraial

Há nove anos Dona Geralda Francisca Vieira decidiu fazer uma festa julina em comemoração ao seu aniversário e beneficente para a Associação. Os vizinhos se organizaram junto aos familiares, amigos, voluntariado e funcionários da Associação e levaram cerca de 3 mil pessoas no primeiro ano do evento, e no segundo, foram aproximadamente 5 mil participantes. 

A paciente e voluntária da Acccom sofreu de um câncer na laringe em decorrência do hábito do cigarro por mais de 50 anos. Após o tratamento, ela utiliza de uma prótese, uma laringe eletrônica para falar e é voluntária.

Comentários
×