Aprovado acesso da Prefeitura a crédito de emendas parlamentares

Recursos são destinados à Semusa; valores fazem parte de emendas aprovadas por deputados para o Município

Da Redação

Os vereadores aprovaram na ordinária ontem, por 14 votos favoráveis, o crédito suplementar que será destinado à Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). O projeto de lei partiu da Prefeitura e solicitava a permissão do legislativo para o acesso a crédito adicional suplementar no valor de R$ 16.525.811,30, vindo de emendas de deputados como Domingos Sávio (PSDB), André Janones (Avante) e Eduardo Barbosa (PSDB). O projeto foi apresentado em 29 de julho, quando a vereadora Janete Aparecida (PSC) pediu vista de sete dias para realizar análise acerca da destinação dos recursos.

— Eu havia pedido vista neste projeto para verificar justamente a questão da destinação, porque se trata de um valor muito alto e, mesmo sendo de emendas de vários deputados, precisamos olhar onde estes recursos serão aplicados — disse Janete.

Saúde 

Os valores do crédito serão empregados em ações de saúde incluindo a Atenção Primária, remédios, urgência e emergência. Outra aplicação do crédito será para o repasse que a Prefeitura faz mensalmente ao Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD).

— Estes recursos serão todos para a Saúde. Grande parte do valor vai para o São João de Deus, mas não de forma adicional, e inclusive irá como parcelas dos repasses que a gente tem que fazer com eles mensalmente, foi essa a tabela que me foi passada pela Secretaria de Saúde. Eu pedi à Casa [Câmara] para combinar já com a diretora do São João de Deus uma prestação de contas do hospital em relação a essa suplementação. — explicou.

O vereador Renato Ferreira (PSDB), membro da Comissão Parlamentar de Saúde, destacou a emenda do deputado Eduardo Barbosa que será empregada para na rede de cuidado a pessoas com deficiência intelectual do Sistema Único de Saúde (SUS) e para a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae Divinópolis).

Comentários
×