Após ser chamado de radical, Bolsonaro diz que Domingos Sávio é 'vaselina'

Ricardo Welbert

O deputado federal Domingos Sávio (PSDB) e o pré-candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSC) têm se estranhado. O primeiro chamou o segundo de "radical", que rebateu com chamando o primeiro de "vaselina".

Conforme informou o jornal "O Tempo", durante um almoço com parlamentares ruralistas nesta quarta-feira, 29, Bolsonaro discursou contra o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) e repetiu a promessa de distribuir fuzis para fazendeiros enfrentarem invasores.

— A gente não quer uma pessoa que traga mais insegurança — disse Domingos Sávio, um dos poucos parlamentares que comentaram o discurso do presidenciável.

Em entrevista concedida logo após o almoço, Bonsonaro reclamou de um deputado - referindo-se a Sávio - que o tinha chamado de "radical".

— Quero ver se esse vaselina vai resolver o problema da violência — disparou.

Procurado pelo Portal Agora após a repercussão da resposta de Bolsonaro, Domingos Sávio disse que na saída do almoço alguns jornalistas perguntaram o que ele achava da proposta do Bolsonaro de distribuir fuzis para os fazendeiros enfrentar os sem terras.

— Eu respondi que, na minha opinião, isso é uma proposta radical. Disse ainda que nós queremos mais segurança e não mais violência. Falei que concordo com várias posições do Bolsonaro, mas discordo de alguns métodos que ele propõe. Eu defendo, como ele defende, o direito à propriedade e sou contra invasão de terras, mas não concordo que a solução para isso seja sair distribuindo fuzis para os fazendeiros. Sou a favor do cidadão de bem poder adquirir uma arma para se defender, mas isso ser feito com critério e com responsabilidade. Quero deixar claro que tenho uma boa convivência com o colega deputado Bolsonaro e nos encontramos no plenário no dia seguinte, à noite, e achamos graça do destaque que foi dado ao episódio. Apertamos as mãos e mantemos um bom relacionamento, apesar de algumas divergências de opinião — respondeu. 

Comentários
×