Após Black Friday, comércio espera boas vendas no Natal

 

Jorge Guimarães

Dezembro começa no próximo sábado e, com ele, as festividades de fim de ano: o comércio com suas vitrines bem ornamentadas, as ruas exibindo o charme natalino, enfim, um mundo mágico que desperta o desejo de presentear. Mas, a magia de verdade é o que tem feito os comerciantes ao longo do ano para driblar a crise. A boa notícia é que as expectativas para o fim de 2018 são as mais positivas entre os empresários divinopolitanos, deixando de vez de ser o Natal das lembrancinhas.

— Este ano está bem melhor que o ano passado. Principalmente a partir de outubro, e novembro no seu decorrer, está nos surpreendendo com as vendas. Esperamos um aumento em torno de uns 10% em relação ao mesmo período do ano passado — avalia a empresária Magna Enes.  

Ranking

Assim como em anos anteriores, as roupas permanecem na primeira posição do ranking de produtos que os consumidores buscam. Os brinquedos, perfumes e cosméticos, calçados e acessórios, como bolsas, cintos e bijuterias, completam a lista de produtos mais procurados para a data. Já os celulares, jogos e videogames, eletrônicos e jóias ficaram menos bem posicionados neste ano.

13º salário

Os empresários já estão de olho é no 13º salário, que terá sua segunda parcela quitada no próximo dia 20.

O Natal de 2018 pode ser um pouco mais feliz que os anteriores, assim confiam os empresários Antônio Moisés Junior e Magna Enes, que estão há 15 anos no mercado, e situado no mesmo endereço, no Centro da cidade. De acordo com eles, os arranjos florais e o Menino Jesus são os carros chefes de vendas, este ano, para surpresa geral.

— A aceitação dos arranjos está muito boa. Eles são uma ótima opção. Ideal para você levar a magia do Natal para sua decoração, dando um toque pra lá de especial em sua casa — define Magna.

Reta final

Como o brasileiro deixa tudo para última hora, as próximas semanas devem ser de muito corre-corre pelas ruas do Centro da cidade.

— E para esta reta final, a partir do próximo dia 20, com a entrada do 13º, a tendência é de boas vendas, como o de costume — define Antônio Moisés.

Já o empresário Guilherme Vasconcelos, do ramo de confecção infantil, espera um maior movimento a partir deste fim de semana.

— Estamos preparados para atender da melhor forma nosso clientes e temos um mix de produtos com preços diferenciados — disse o empresário.

Horário especial

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Divinópolis definiu na segunda-feira, 26, o horário especial de funcionamento do comercio para os dias de Natal e Réveillon.

As datas começam no próximo dia 8, quando, em uma promoção da CDL, a cidade recebe oficialmente o Papai Noel. Mesmo a data sendo considerada feriado municipal, o comércio funcionará das 9h às 18h. Entre os dias 10 e 14 o horário a seguir será das 9h às 20h, sendo que no sábado, 15, ele será das 9h às 14h. De 17 a 21, o horário volta a ser das 9h às 20h, no sábado, 22, das 9h às 18h. No domingo, 23, o comercio irá repetir o horário de sábado e, na segunda, dia 24, funcionará das 9h às 20h e fecha na terça-feira, 25.

Fim de ano

Passado o Natal, o comércio volta a abrir, na quarta-feira, após as 12h e com funcionamento normal no transcorrer dos outros dias da semana. No dia 31, em uma segunda-feira, ele abrirá às 9h e fecha às 20h, sendo que no dia 1º de janeiro, permanece fechado e volta abrir no dia 2, após as 12h.     

 

Comentários
×