Aplicativo facilita registro de reclamações sobre rodovias mineiras

Da Agência Minas

Secretaria de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (Seplag), em parceria com a Secretaria de Transportes e Obras Públicas (Setop) e o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG), acrescentou novos serviços ao aplicativo MG App nesta quinta-feira, 31.

A atualização do MG App traz a possibilidade de registrar ocorrências referentes às rodovias e ao transporte intermunicipal ou metropolitano, incluindo o táxi metropolitano, em qualquer local e horário, sem que seja preciso acessar um computador.

Ônibus

Agora, o cidadão também pode acessar o aplicativo para consultar o itinerário, quadro de horários e valores das passagens das linhas que integram o sistema intermunicipal e metropolitano de transporte.

— Para o Governo do Estado é imprescindível que o usuário tenha acesso às informações sobre os serviços de transporte público. Todo o trabalho desenvolvido nesse sentido merece apoio e divulgação porque reduz o custo de informação - que é presente para o usuário. Além disso, com os dados sempre à mão, o usuário contribui averiguando o cumprimento de quadro de horários e itinerários, e reportando inconformidades. Essas ações contribuem para o fortalecimento do sistema de transporte, tanto em qualidade como em eficiência econômica — destacou o subsecretário de Regulação de Transportes, Diogo Prosdocimi.

A consulta via MG App pode ser feita pelo número, nome ou origem/destino da linha. De acordo com o diretor Central de Gestão dos Canais de Atendimento Eletrônico, Damião Rocha, as novas funcionalidades do MG App agregam ainda mais comodidade à vida do cidadão, que passa a ter acesso fácil a informações importantes para o seu dia o dia, seja no deslocamento para o trabalho ou para qualquer outro destino.

Android

Neste primeiro momento, as novas funcionalidades estão disponíveis para celulares que usam o sistema Android e, em breve, serão disponibilizadas também no iOS.

Confira a lista de ocorrências que poderão ser abertas para cada caso:

- Rodovias: buracos na pista, capina, faixa de domínio (invasão), limpeza de placas sinalização/dispositivos de drenagem/bueiros, redutor eletrônico de velocidade/radar, roçada, sinalização horizontal, sinalização vertical, outros.

- Transporte Metropolitano: descumprimento de itinerário, descumprimento de quadro de horário, descumprimento de ponto de embarque/desembarque, estado de conservação do veículo, excesso de velocidade/imprudência, recusa de passageiros, relacionamento usuário/operador, superlotação do veículo, outros.

- Transporte Intermunicipal: bilhetagem de passagem, conservação/conforto/higiene, defeito mecânico/cinto de segurança/falta de combustível, descumprimento de quadro de horário, gratuidade, relacionamento usuário/operador, superlotação do veículo, veículo sem auxiliar de bordo, outros.

- Táxi metropolitano: aumento de itinerário, cobrança abusiva, comportamento inadequado do condutor, má condução do veículo, má conservação do veículo, recusa de viagem, outros.

MG App

O aplicativo já disponibiliza serviços online da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), da Secretaria de Estado de Saúde (SES), da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran), além de permitir acesso a endereços, telefones e horário de atendimento das principais unidades de prestação de serviços, como delegacias e escolas.

Com 400 mil downloads e 362.000 usuários cadastrados, o MG App é um aplicativo inédito e gratuito, lançado pelo Governo de Minas Gerais com o objetivo de facilitar o acesso a informações e serviços estaduais e facilitar a resolução de problemas e a busca por informações, de forma simples, rápida e moderna em celulares e outros dispositivos móveis.

Comentários
×