Apenas seis vereadores comparecem à prestação de contas da Semusa

Ney Burguer, Espino, Lohanna, Zé Braz, Israel e Ana Paula foram os únicos; audiência demonstrou os dados do quadrimestre

Bruno Bueno

A saúde nunca foi tão importante para Divinópolis. Com a pandemia de coronavírus, que culminou em vários casos, mortes e superlotação de leitos, tudo que se refere ao assunto é de interesse público para os populares. Todavia, a disposição pela pauta não parece ter chamado atenção da grande maioria dos vereadores, visto que apenas cinco compareceram, na noite de ontem, na prestação de contas da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), ocorrida após a Reunião Ordinária da Câmara Municipal.

Lohanna França (CDN), Zé Braz (PV) e Israel da Farmácia (PDT), membros da comissão de Saúde, estavam presentes. Além deles, somente Ney Burguer (PSB), Diego Espino (PSL) e Ana Paula do Quintino (PSC) participaram da audiência.

Ausências

Dos 12 vereadores que não compareceram na reunião, somente quatro justificaram suas ausências. Eduardo Print Júnior (PSDB), Flávio Marra (Patriota), Ademir Silva (MDB) e Rodyson do Zé Milton (PV) enviaram ofícios para a Câmara afirmando que tinham compromissos que não poderiam ser adiados e por esse motivo não estariam presentes.

Rodrigo Kaboja (PSD), Josafá e Edson Sousa (CDN), Hilton de Aguiar (MDB), Wesley Jarbas e Roger Viegas (Republicanos) e Eduardo Azevedo (PSC)  não justificaram — pelo menos oficialmente, segundo a Câmara — suas ausências na Audiência Pública.

Audiência Pública

A audiência, que já é prevista no regimento municipal, prestou contas sobre os demonstrativos do primeiro quadrimestre da Secretaria. Na presença do secretário municipal, Alan Rodrigo, membros da pasta divulgaram os dados referentes aos números de atendimentos, consultas, produção ambulatorial, medicamentos, diagnósticos, ações da pasta e muitos outros.

Comentários
×