Aluguel residencial sobe até 8,88% em Divinópolis

Dos nove tipos de imóveis analisados, sete registraram aumento em agosto

 

Pablo Santos 

O aluguel residencial subiu em agosto no município. Dos nove tipos de imóveis analisados pelo Núcleo de Pesquisas Econômicas (Nupec) da Faced, sete registraram aumento. A alta chegou a 8,88% no mês passado no confronto com julho. Em contrapartida, as salas comerciais tiveram retração do preço da locação.

São pesquisados mensalmente nas principais imobiliárias da cidade, os preços dos aluguéis de apartamentos, casas, barracões, lojas, salas e galpões nos principais bairros da cidade.

O apartamento de três quartos em Divinópolis registrou o maior aumento: 8,88%. A média da locação estava em R$ 895 no mês passado, contra os R$ 822 de julho.

O apartamento de dois quartos também subiu, mas ficou com preço praticamente estável. Conforme a pesquisa, o imóvel estava com a locação em julho no valor de R$ 745, em média, e passou para R$ 748 no mês passado, representando uma leve alta de 0,40%.

Os aluguéis de casas também tiveram reajuste de um mês para o outro. A residência com três quartos teve acréscimo de 7,82% e aluguel saltou de R$ 818 para R$ 882.

Em menor proporção, a casa com dois quartos também teve alta de preço no aluguel em agosto.  A locação estava cotada a R$ 677,63, em média, e passou para R$ 693,91, acréscimo de 2,40%.

— Observou-se nova tendência de alta do preço médio da maioria dos imóveis pesquisados. Houve variações positivas nos aluguéis de sete dos nove tipos de imóveis analisados em Divinópolis. No entanto, estas elevações pontuais observadas não apontam necessariamente para um ambiente de recuperação do setor, uma vez que ainda há um significativo desequilíbrio entre a oferta e demanda de imóveis na cidade — analisou o pesquisador, Leandro Maia.

No entanto, o único aluguel residencial com queda foi o barracão. O imóvel estava cotado em julho a R$ 460,23 e passou para R$ 450,74 em agosto, ou seja, queda de 2,06%.

Comerciais 

A locação de imóveis comerciais também subiu em agosto. De acordo com os pesquisadores, as lojas de até 100 metros quadrados tiveram os preços reajustados em 6,94%. O produto saiu de R$ 778 para os R$ 832, de acordo com os dados do Nupec.

Os dois tipos de galpões analisados também entraram na lista dos aumentos. O imóvel de 100 a 200m² aumentou 5,26% e custa, em média, R$ 2 mil. Já o galpão de 201 a 400m²  teve acréscimo de 0,69% e o valor chega, em média, a R$ 2,9 mil. Já as salas comerciais, o valor da locação caiu 3,44% e custa, em média, R$ 757.

 

Comentários
×