Alivie a carga

Mais que palavras - Israel Leocádio 

Olá! Como vai? Permita-me ser um pouco intrometido! Você já parou pra pensar na carga que carrega na vida? Ainda: já pensou em o quanto dessa carga não é sua? 

Permita que seja um pouco imaginativo! Olhando para a dificuldade desses dias, comparo-o a uma tempestade em alto mar, que parece não dar sinais do fim da tormenta. Olhando para nossa vida, comparo-a a um barco navegando nas águas dessa turbulência. E tempestade em alto mar e muita carga a bordo não combinam. O conselho dos marinheiros sempre será no sentido de aliviar a carga para salvar a embarcação.

Foi exatamente esse o conselho do apóstolo Paulo, quando em viagem para Roma. A embarcação em que estava enfrentou ventos contrários e vinha a naufragar, perto de Malta. O conselho do apóstolo pode ser considerado “um conselho de Deus”, pois, trata-se de um texto inspirado pela sabedoria do Espírito Santo. Disse Paulo aos marinheiros: “Senhores, vejo que a nossa viagem será desastrosa e acarretará grande prejuízo para o navio, para a carga e também para a nossa vida” (Atos 27.10). Ali, a orientação parece clara para mim. Ou aqueles homens aliviavam a carga ou morreriam todos. No primeiro momento, não deram ouvidos às palavras de Paulo. Só mais tarde seguiram a orientação. Mas era tarde demais e o navio veio a naufragar.

Como já disse, carregamos muita carga, às vezes. Carga em excesso e que não é nossa. Refiro-me ao hábito de absorver problemas que não são nossos. A absorver notícias negativas da TV (que parece ter um prazer sádico). Ainda: vivemos o amanhã como se já tivesse chegado. Carregamos tudo! Colocamos em nossa bagagem e tentamos enfrentar o “mar da vida”. Por que agimos dessa forma? A orientação de Deus é que aliviemos a carga. Dizem as Escrituras Sagradas: “Basta a cada dia seu próprio mal” (Mateus 6.34). 

É preciso aliviar a carga! Estamos todos cansados, exauridos, esgotados, adinâmicos, sem forças. É preciso aliviar a carga!

Hoje, quero deixar um pedido de Jesus, feito a todos os homens, as quais são mais que palavras. São promessas feitas pelo Senhor e Cristo. Se você confiar nessas palavras poderá salvar-se dessa tempestade, bem como toda sua casa. Ele convidou a todos com a seguinte promessa: “Vinde a mim, todos vós que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei” (Mateus 11.28). 

À semelhança de um marinheiro experiente, Jesus nos convida a abandonar a sobrecarga. Como Senhor, nos oferece alívio e descanso. Aceite o convite! Alivie a carga!

ileocadiodasilva@yahoo.com

Comentários
×