Além de Divinópolis, cidades do Centro-Oeste têm reflexos da greve dos caminhoneiros

Da Redação

O Portal Agora segue acompanhando nesta terça-feira, 29, os reflexos da greve dos caminhoneiros em Divinópolis. Nesta publicação serão reunidas notas sobre os reflexos da greve dos caminhoneiros em outras cidades do Centro-Oeste de Minas. 

Bom Despacho

* A Prefeitura de Bom Despacho informou que desde segunda, 28, linhas de ônibus não estão atendendo devido à falta de combustível. O transporte escolar deverá funcionar até quarta-feira, 30 - exceto nas cinco rotas feitas por veículos a gasolina e que circulam só até esta terça, 29.

Formiga

* O presidente da Câmara de Formiga, Evandro Donizetti da Cunha (PSL), decretou que o Legislativo terá ponto facultativo na próxima sexta, 1º. A determinação foi feita em virtude de no dia anterior ser celebrado o feriado de Corpus Christi. Na segunda-feira, 4, os trabalhos da Câmara serão retomados normalmente.

Itapecerica

* A Prefeitura de Itapecerica decretou situação de emergência nesta segunda, 28, devido ao desabastecimento de combustíveis. Além das aulas terem sido suspensas e um festival gastronômico rural ter sido adiado, o governo dispensou da exigência de licitação a aquisição de bens e serviços necessários durante o período.

Nova Serrana

* A Secretaria de Desenvolvimento Social de Nova Serrana informou que a empresa que presta serviços funerários por meio do Benefício Funeral está impossibilitada de fazer o translado intermunicipal. O serviço dentro da cidade deverá ter restrições a partir de quinta, 31.

Pará de Minas

* Provas do Processo Seletivo Simplificado da Prefeitura de Pará de Minas, que seriam aplicadas neste domingo, 29, foram adiadas. O governo e a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), empresa responsável, remarcaram as provas para 1º de julho. A Prefeitura convocou coletiva de imprensa com o prefeito Elias Diniz (PSD) para tratar dos serviços públicos prestados pelo município durante a crise no abastecimento de combustíveis.

* Sem conseguir vender a produção de leite, um empresário do ramo de laticínios da cidade de Igaratinga doou nesse domingo, 27, quase dez mil litros de leite a entidades beneficentes e moradores de Pará de Minas. A distribuição ocorreu no estacionamento do colégio Fernando Otávio, no bairro São Francisco. Com Galões, garrafas e vasilhas, os pará-minenses fizeram filas para receber o produto, que estava parado na empresa devido ao protesto. Entidades beneficentes de Pará de Minas, como o Restaurante da Criança do Recanto da Lagoa, Patronato e lar de idosos Cidade Ozanam também receberam vários litros de leite. 

Conteúdo em atualização

 

Comentários
×