Alea jacta est!

Bob Clementino 

Esse brado, atribuído a Júlio César, é sinônimo de afirmação de
irreversibilidade, da total impossibilidade de “voltar atrás”. Isso
serve de alerta aos vereadores que, faltando 180 dias para as
eleições municipais, se elas forem realizadas em 4 de outubro (o que
duvido), nenhum gesto heróico ou atitude de solidariedade vai apagar
na memória do eleitor a imagem já consolidada dos seus mandatos. O que
foi feito de bom ou de ruim ficou registrado na mente do eleitorado.
Alea jacta est, edis!

Eugênia: o exemplo que vem de baixo

Na política ouve-se e se lê muito que bons exemplos devem vir de cima,
ou seja, uma referência ao presidente da República, senadores, deputados
prefeitos e vereadores. Mas, em Divinópolis, um belo exemplo de
solidariedade humana vem da chefe de gabinete do vereador Zé Luiz da
Farmácia (PMN), Eugênia Alves Moura. Farmacêutica e assessora política,
Eugênia vem há tempos doando metade do seu salário para entidades
carentes. Já distribuiu várias cestas básicas, kits de limpezas e
caixa de leites. E é uma prática que trouxe desde quando morava na
cidade de Luz. Nestes tempos difíceis de coronavírus, atitudes como
esta fazem grande diferença nas vidas das pessoas. Parabéns, Eugênia!



Cadê os deputados?

Já percebi que deputados e vereadores fogem das pautas macro de
Divinópolis, como o diabo da cruz. Vereadores ficarem o mandato
inteiro pedindo ao prefeito limpezas de lotes, tapar buracos das ruas
e outras demandas corriqueiras é fácil. Assim como é fácil para os
deputados ficarem pulando muros para denunciar ambulâncias novas
paradas nos pátios do governo estadual. Mas a pandemia causada pelo vírus
chinês está exigindo dos deputados Cleitinho Azevedo (CDN) e Domingos
Sávio (PSDB) uma articulação política nunca antes enfrentada pelos dois. 

 A grande pauta hoje diante da pandemia é o aumento de leitos
hospitalares. A primeira pauta Domingos e Cleitinho já perderam: o
prefeito de Divinópolis tentou com o governador Romeu Zema (Novo) a
liberação do Hospital Público Regional, mesmo inacabado para montar,
ali, uma estrutura de atendimento a pacientes com coronavírus e o governador não liberou.

 

Cleitinho explicou
Como sempre faço, antes de escrever sobre a atuação de um deputado e de
outros políticos, eu ligo para eles, a fim de me informar sobre sua versão dos fatos
que vou relatar. Indaguei via WhatsApp  ao deputado Cleitinho “ O que
o seu mandato está fazendo para ajudar a Prefeitura de Divinópolis no
enfrentamento do coronavírus?”. Ele me respondeu que foi aprovado na
Assembleia Legislativa a verba de R$ 340 milhões para o combate ao
vírus chinês e explicou: “Minhas emendas caem na semana que vem.

 Já caíram 2 e devem cair R$ 3 milhões”, revelou.  Então aguardemos!


Vice-prefeito não sumiu

Internautas perguntaram nesta semana nas redes sociais onde estava o
médico e vice-prefeito, Rinaldo Valério, em meio a esta crise causada
pela pandemia do coronavírus. Alguns maldosamente garantiam “Dr. Rinaldo sumiu!”. 

Para saber a versão do vice-prefeito, liguei para ele que me explicou:

“Mantenho contato diariamente com o Amarildo (secretário de Saúde de Divinópolis)

dando minhas opiniões e minhas preocupações. Visito todos os dias alguns postos de saúde, preocupado com aglomerações.  Visitei o início de obras para o hospital de campanha funcionar na UPA. Continuo dando plantão de cirurgias (12 por mês), indo aos hospitais diariamente, pois tenho compromisso com a medicina, mesmo correndo risco . 

Em Divinópolis já são cinco médicos contaminados”, disse Rinaldo.

E mais

Rinaldo Valério, ao explicar suas atividades no combate ao coronavírus, disse ainda “Faço parte agora do Comitê Covid-19 e, ao visitar a clínica Bento Menni, cheguei à conclusão de que, depois  do hospital de campanha, a clínica São Bento Menni é a próxima opção
para novos leitos. As irmãs concordam com esta parceria e, com pequena reforma, serão mais 40 leitos. Acredito que a ala que elas têm disponível está em
boas condições e é possível fazer uma entrada independente.  Claro que
precisa de reformas, como já disse pequenas e rápidas”, concluiu.
Como se vê, o vice-prefeito está empenhado em combater a
pandemia do coronavírus.

 

Comentários
×