Agentes de saúde e arquitetos são convocados

 

Da Redação

Aos poucos, os classificados dos concursos realizados pela Prefeitura no último ano vão sendo convocados. Ontem, o Diário Oficial oficializou o chamamento de 39 agentes comunitários de saúde, quatro arquitetos e dois engenheiros civis. Segundo informou o Executivo, a convocação desses profissionais visa suprir carências nas secretarias municipais de Saúde e Meio Ambiente e Políticas de Mobilidade Urbana.

Saúde

 A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) convocou 39 agentes comunitários, classificados no concurso do edital 02/2017. De acordo a nomeação, 25 bairros serão beneficiados pelos novos profissionais.

Segundo o secretário Municipal de Saúde, Amarildo de Sousa, a ocupação desses novos agentes comunitários é fundamental para a conexão com as equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF).

— O profissional faz um elo importante com as equipes. O agente comunitário tem um papel de extrema necessidade no acolhimento, pois é membro da equipe que faz parte da comunidade, o que permite a criação de vínculos — explicou o secretário.

O bairro Nossa Senhora das Graças irá receber quatro agentes comunitários; Planalto e Santa Lúcia recebem, cada um, três profissionais; Belvedere I, Campina Verde, Candidés, Ermida, Oswaldo Machado Gontijo, São Roque I e Vale do Sol terão, também cada um, dois agentes comunitários de saúde.

Já os bairros Serra Verde, Tietê, São Roque II, Quilombo, Nilda Barros, Morada Nova, Jusa/Paraíso, Jardinópolis, Icaraí, Ermida I e Belvedere receberão um profissional.

Os convocados devem comparecer à Gerência de Recursos Humanos da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), localizada na rua Minas Gerais, 55, Centro, no período de 8 a 9 de abril, das 12h30 às 17h30, para os trâmites necessários para o contrato temporário.

Obras

A Prefeitura também anunciou a convocação de quatro arquitetos e dois engenheiros civis, aprovados no concurso de edital 01/2017. Segundo o Executivo, a chamada desses profissionais tem como objetivo “atender setor de grande demanda”. Eles devem trabalhar no setor de aprovação de projetos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Políticas de Mobilidade Urbana (Seplam).

Segundo a secretária de Meio Ambiente, Flávia D’Alessandro, as nomeações são importantes para agilizar as obras na cidade.

— Recebemos muitos novos projetos por mês e o setor está com falta de profissionais há muitos anos. Estamos fazendo um trabalho para dar mais agilidade ao trabalho, informatizando e desburocratizando os processos. A princípio, eles ficarão focados no setor de construção civil, que é um setor que gera muito emprego e renda em nossa cidade e uma das prioridades do prefeito Galileu — afirmou Flávia.

Outras convocações

Outro setor que irá receber novos profissionais é o Serviço Municipal do Luto. Na última sexta-feira, 5, a Prefeitura anunciou a convocação de dois agentes administrativos, oito coveiros e quatro agentes funerários. A nomeação se deu por “problemas no setor”.

— A Prefeitura de Divinópolis também preparou uma reestruturação no Serviço Municipal do Luto. O setor estava com servidores temporários desde 2016, quando foram detectados problemas — informou o Executivo.


A lista dos convocados pode ser conferida no site da Prefeitura (www.divinopolis.mg. gov.br).

Comentários
×