Advogado pede anulação de acordo e suspensão da desocupação do Camelódromo

Da Redação

O advogado Robervan Faria, representante dos vendedores ambulantes do Camelódromo, solicitou a suspensão da desocupação do espaço, marcada para ocorrer até o próximo domingo, 12, e a anulação do acordo firmado entre os ambulantes e a Prefeitura de Divinópolis em novembro.

Robervan Faria alega que não foi convocado para a reunião que acertou o acordo, ocorrida em 25 de novembro.

A notificação foi encaminhada para o prefeito Galileu Machado (MDB) nesta quarta-feira, 8.

Comentários
×