Adriana Carrara é vítima de fake news, desmente internação e afirma que está bem

Gisele Souto 

A primeira vítima do Coronavírus em Minas Gerais, e agora de fake news, a divinopolitana Adriana Carrara, foi pega de surpresa na tarde desta quarta-feira, quando um áudio circulou nas redes sociais da cidade, dando conta de que seu estado de saúde tinha se agravado e ela estaria internada. Adriana que estampa reportagem especial na edição do Agora desta quinta-feira, está em casa, ainda em quarentena, como ela própria afirma, se recuperando muito bem.

— Estão divulgando notícias falsas de que fui internada. A maldade de alguns não pode sobrepor a verdade. Nem sei o que dizer, mas o importante é que estou bem já vou repetir o exame e com a graça de Deus estarei curada — disse Adriana ao Agora na manhã desta quinta-feira.

Exame

O prazo de quarentena que é aquele que se tem o risco da transmissão do vírus, vivido por Adriana está perto do fim. Termina neste fim de  semana, mas ela precisa repetir o exame. Porém, devido a demanda de casos suspeitos, ela está encontrando dificuldades para agendar. Porém, acredita que nos próximos dias fará o teste e, finalmente poderá voltar à sua vida normal.

Adriana Carrara está em isolamento desde o dia 2 deste mês, quando foi testada positivo para o coronavírus. Ela e sua família estiveram na Itália onde teria contraído o vírus. Porém, seus filhos o marido não foram contaminados, mas também precisaram ficar em casa durante o período.

— Volto a reafirmar, estou muito bem e, por favor, parem de divulgar notícias falsas. Já não é fácil enfrentar um quadro deste, mas é muito pior, quando espalham mentiras com seu nome — conclui.

Ouça áudio de Adriana:

 

 

Comentários
×